Mais
×

Quais são os três fatores que determinam a topografia de uma região?

Atualizado em 17 abril, 2017

A topografia (ou perfil) de uma região é caracterizada por três fatores principais: plantas, vida animal e clima. O clima de uma região é o fator dominante, ditando a natureza das plantas e animais que vivem nela. As muitas regiões do mundo têm climas diferentes, cada um com sua temperatura, condições e formas de vida. Esses mundos individuais de vida selvagem são classificados como biomas e incluem desertos, pradarias e florestas tropicais.

Os desertos são topograficamente secos com número limitado de plantas e poucos animais (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

A diferença entre clima e tempo

Os previsores do tempo e cientistas climáticos usam um velho ditado para explicar a distinção entre os dois: "Clima é o que você espera; tempo é que você tem". Por isso, nos países do hemisfério sul, a expectativa para o Natal é de sol, mas pode ser que isso não ocorra em nenhum dia. O clima descreve as condições médio a longo prazo enquanto o tempo se refere as condições atmosféricas mais atuais. O tempo de cada dia é determinado por fatores mensuráveis como temperatura, vendo, sol, chuva, neve e nuvens enquanto o clima "é mais comumente pensado como o valor médio desses fatores", de acordo com o The Pacific Fisheries Environmental Laboratory.

Clima

O clima determina a topografia de uma região. É o motivo de uma área ser seca, outra tropical e a outra ser o lar de um certo tipo de vida selvagem. São os padrões de tempo a longo prazo de uma área em particular e refere-se à condição da atmosfera perto da superfície da Terra em um local específico. Os climas do mundo são geralmente ordenados sob Sistema de Classificação Climática de Koppen, estabelecida em 1900 por um climatologista russo-alemão. Koppen dividiu o mundo em áreas de superfície definidas por suas vegetações características e padrões de solo. Ele identificou cinco tipos principais de clima em que cada um tem sua temperatura típica e média de precipitação mensal. Eles foram classificados como A, tropical; B, árido; C, temperado quente; D, continental; e E, glacial.

Vida animal

Outro fator que determina a topografia de uma região é a vida animal. Desertos, por exemplo, com suas temperaturas extremas, são habitados apenas por animais que conseguem sobreviver à escassez de comida e falta de água. Isso inclui animais noturnos que escavam o solo para evitar o calor do dia. Eles obtêm a água de que precisam dos seus alimentos e tendem a ser pequenos. Alguns animais que vivem no Deserto de Mojave, EUA, são coiote, jabuti-do-deserto e lebre-da-califórnia. O clima quente e úmido das florestas tropicais é muito mais habitável para a vida animal e novamente determina a natureza topográfica. Vital para a ecologia da Terra, as florestas tropicais ficam perto da linha do equador e são os lares de milhões de formas de vida, incluindo anfíbios, insetos, peixes, aves e mamíferos.

Vegetação

A vida vegetal de uma área em particular é outro fator topográfico de definição. Apenas certos tipos de vegetação são encontrados em biomas específicos e determinam sua cultura. Enquanto as pradarias são ambientes secos e improdutivos com poucas árvores ou arbustos, os recifes de corais abundam em vida. Encontrados em águas quentes e rasas perto de terras tropicais, os recifes de corais são os lares de centenas de espécies de algas, as únicas plantas no mar.

Quinhentas espécies de algas vivem na Grande Barreira de Coral na Austrália (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article