Mais
×

Regras para o traje de gala militar

Atualizado em 17 abril, 2017

O traje de gala é referido ao código de vestimenta militar usado em eventos formais. Segundo Apparel Search, tal vestuário é usado entre as Forças Armadas. A expressão começou a ser usada no começo do século XX e algumas de suas regras ainda são bem lembradas nos dias de hoje. Cada força armada tem o seu próprio código de vestimenta. Contudo, as regras referentes ao traje de gala padrão geralmente combinam o tradicional com o moderno, o black-tie.

O traje de gala militar é envolto com muitas regras e códigos regimentados. Saiba quais são (Photodisc/Photodisc/Getty Images)

A obrigação do paletó

Os paletós de gala seguem um importante código, aplicado tanto para os homens quanto para as mulheres. Segundo o Big City Ball, a peça deve refletir aquelas dos uniformes tradicionais, usados no passado. Os paletós devem ser vermelho escarlate, azul ou verde militar e possuir colarinhos, lapelas, punhos e coletes que combinem com os outros companheiros militares.

Traje de gala masculino

Os homens devem usar um paletó que não seja trespassado e que esteja semi ajustado com as mangas, terminando, aproximadamente, a 6 milímetros do fim do polegar. Ele deve ser reto na parte de trás e possuir "três asas e estrelas diagonalmente em ambos lados", segundo o Military Plain Facts. O paletó ainda deve ter uma fileira de botões frontais, com um botão em cada extremidade do colarinho e lapelas. As gravatas são obrigatórias e os homens devem usá-las centralizadas entre a extremidade de baixo do nó e a parte de baixo da gravata.

Traje de gala feminino

A militar feminina deve usar um paletó estilo cavalaria, vermelho escarlate ou azul, que se assemelhe ao seu correspondente masculino. Ela pode usar por cima de um vestido formal preto ou azul marinho. O vestido deve ter o comprimento no tornozelo e não deve expor o busto e os ombros. Roupas para gestantes são aceitáveis. Bolsas pretas podem ser usadas, além de sapatos também pretos, com não mais do que 10 centímetros de altura.

Crachás

Os crachás de plástico são posicionados no lado direito e paralelo ao primeiro broche exposto no paletó. A base do crachá deve estar alinhada com a base da fita.

Distintivos, fitas e símbolos

No vestuário, exiba os símbolos de comando da Força Aérea, insígnias de grau, fitas e emblemas. No traje de gala, os emblemas e fitas devem ser de tamanho médio. Deve-se evitar misturar os tamanhos. Emblemas aeronáuticos, ocupacionais ou outros devem ser centralizados a 1 centímetro por cima da fileira de todas as outras fitas e insígnias. E mais, posicione os crachás de metal no lado direito, entre a costura da manga e da lapela. A parte de baixo do crachá deve ficar paralelo à parte de baixo de quaisquer fitas ou insígnias. As mulheres devem posicionar um crachá de plástico azul no lado direito e deixá-lo 4 centímetros mais alto (ou mais baixo) que o primeiro broche exposto. Apesar das fitas serem opcionais, as mulheres devem centralizá-las no lado esquerdo e horizontalmente. A base dessas fitas devem estar alinhadas com a base do crachá.

Outros

Para militares que ainda não possuem o seu traje de gala, o vestuário de serviço é aceitável. De acordo com o Regimental Rogue, usa-se o traje de serviço, completo com uma camiseta branca e uma gravata borboleta preta. As mulheres devem usar um vestido com o comprimento no tornozelo. Se os ombros ou bustos estiverem expostos, uma echarpe preta deve cobrir tais partes. Membros civis, convidados de militares ou pessoas alistadas devem sempre usar um traje de gala ou smoking preto para a aprovação do comandante.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article