Lazer e cultura

Remédio caseiro para plantas atrofiadas

Escrito por vera devaney | Traduzido por sabine capello
Remédio caseiro para plantas atrofiadas

Uma planta jovem indefesa

George Doyle/Stockbyte/Getty Images

Uma planta jovem não tem defesa contra as condições ambientais ou seus cuidados. Se o seu crescimento é lento ou retardado, é necessário saber a razão para que se possa corrigir o problema. A causa do crescimento lento ou retardado pode ser falta de alimentação ou a alguma doença. Os remédios são muitos assim como as causas; seja qual ela for, o remédio pode estar tão próximo quanto a prateleira da despensa.

Outras pessoas estão lendo

Os sintomas

George Doyle/Stockbyte/Getty Images

Aprenda a reconhecer os sintomas da doença ou da falta de nutrientes. Esse é o primeiro passo no processo de recuperação da planta. De acordo com J. A. Silva, um educador da Universidade de Agricultura do Havaí, há dezesseis elementos essenciais de que as plantas necessitam. Dos dezesseis, carbono, oxigênio e hidrogênio são derivados a partir da água ou da atmosfera; o restante é fornecido pelo solo, matéria orgânica ou fertilizantes. Para utilizar os nutrientes, a sua planta precisa de luz e água suficientes e as temperaturas devem ser adequadas para o bom desenvolvimento. A necessidade de nutrientes varia de planta para planta. Por exemplo, a insuficiência de fósforo fará com que as plantas de batata atrofiem. O fósforo fornece energia para a planta, ajuda no desenvolvimento da raiz e estimula floração; sua deficiência faz com que as folhas fiquem em tons verde-escuros.

Alimento caseiro para plantas

George Doyle/Stockbyte/Getty Images

A falta de nitrogênio dificulta o crescimento e desenvolvimento de uma planta. O nitrogênio combinado com o carbono, hidrogênio, oxigênio e enxofre cria os aminoácidos necessários para a divisão celular. A redução na divisão celular interfere na produção de proteínas. Quando há carência de proteínas, a planta atrofia, a floração é reduzida e a maturidade antecipada pode ocorrer, reduzindo a produção. O peixe é rico em nitrogênio. Faça o seu próprio alimento para plantas com restos de peixe fresco e algas e uma colher ou duas de sulfato de magnésio, que adiciona ao alimento uma dose extra de magnésio e enxofre. Coloque o peixe em um recipiente de aproximadamente 3 litros. Adicione um pouco de melaço (fonte de carbono), uma colher de sopa de vinagre, qualquer espécie de matéria vegetal (cascas de vegetais ou grama) e as algas (secas ou frescas, se possível). Deixe a mistura coberta por duas semanas. Dilua em água (composto de água deve estar a uma proporção de 1:5).

Atacando as pragas

O adubo ajuda a preservar a umidade do solo e fornecer os nutrientes que as plantas necessitam, mas se a sua planta está sendo atacada por pragas do jardim ou por doenças, o seu crescimento pode ser afetado. Embora o adubo possa suprimir doenças de plantas e ajudar a controlar a invasão de pragas, talvez não seja suficiente. Se o seu problema são pulgões e outras pragas acima do solo, borrife sua planta com uma mistura de detergente líquido, um pouco de óleo vegetal e água. O óleo ajuda a solução a agarrar-se as folhas da planta até os pulgões sufocarem. Certifique-se de borrifar a parte inferior das folhas. Adicione um pouco de bicarbonato de sódio ao líquido ajudar a evitar o bolor. Borrife a planta com água limpa uma ou duas horas mais tarde para enxaguar o resíduo, pois se ele não for retirado, pode causar queimadura das folhas.

Ajudantes de jardim

George Doyle/Stockbyte/Getty Images

Alguns insetos do jardim são úteis para as plantas. As joaninhas comem os pulgões que interferem no crescimento da planta; se o seu jardim não possui muitas destas pequenas e úteis criaturas, tente atraí-las com plantas. Vespas, apesar de sua natureza desagradável, são úteis no jardim; elas atacam pragas maliciosas. Segundo a Universidade Estadual de Montana, a maioria das doenças de plantas são causadas por pragas ou problemas ambientais, como o estresse hídrico ou condições do solo. Se sua planta está atrofiada por causa de larvas na raiz ou outras pragas que atacam o sistema radicular, remova a planta do solo, lave as raízes e replante em solo fresco, rico em nutrientes; muitas vezes isso é útil. Com um tratamento cuidadoso, sua planta não vai sofrer qualquer dano. Após o replantio, não esqueça de regar a planta cuidadosamente para "selar" as raízes.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media