Sangramento menstrual prolongado

Escrito por april khan | Traduzido por a. araújo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

O ciclo menstrual geralmente dura entre 21 e 45 dias, sendo que a menstruação dura de três a cinco dias ao longo desse período. Vários hormônios controlam o ciclo menstrual, causando desde a produção do óvulo e ovulação até o sangramento. Caso os níveis de quaisquer desses hormônios aumente ou diminua prematuramente, o sangramento menstrual pode ficar mais ou menos intenso e durar um período de tempo maior ou menor. Há vários problemas médicos que causam alterações hormonais; seguem, abaixo, alguns dos mais comuns que originam os sangramentos prolongados.

Outras pessoas estão lendo

Endometriose

A endometriose é uma doença que faz o tecido do endométrio crescer fora do útero, geralmente nos ovários, intestinos, cólon, reto, bexiga ou revestimento pélvico. É extremamente dolorosa e pode causar anemia por causa do sangramento excessivo. Durante um ciclo menstrual normal, o revestimento do útero aumenta de tamanho à espera da concepção; quando isso não ocorre, o revestimento descama junto com o suprimento sanguíneo através do cérvix, o que constitui a menstruação. No caso da endometriose, o revestimento -- onde quer que ele esteja -- se comportará da mesma forma, causando a descamação e o sangramento. Os sintomas incluem menstruação dolorosa, sangramentos pré-menstruais, ciclo irregular e dor durante a evacuação.

Síndrome do ovário policístico

A síndrome do ovário policístico (SOP) é uma doença que afeta entre 5 e 10% da população feminina dos Estados Unidos, de acordo com o International Council on Infertility Information Dissemination. Ela faz o ovário produzir vários pequenos cistos que podem interferir na produção de óvulos e na ovulação. A SOP afeta os hormônios que controlam o ciclo menstrual, principalmente o estrogênio. Como os hormônios flutuam fora de sua faixa normal, o sangramento irregular é o sinal mais comum da doença.

Cistos ovarianos

Um cisto ovariano é uma bolsa cheia de fluido localizada no ovário. Os cistos funcionais são o tipo mais comum; um deles é o cisto folicular, formado quando a bolsa não abre para liberar o óvulo em seu interior, que continua crescendo entre um e três meses até desaparecer. Outro tipo é o cisto de corpo lúteo, formado quando a bolsa não se dissolve normalmente; após a liberação do óvulo, ela se fecha e a quantidade de fluido em seu interior aumenta. Esses cistos geralmente desaparecem dentro de semanas, mas podem sangrar e causar dor. Os sintomas incluem menstruação dolorosa, sangramento anormal, ganho de peso, dores pélvicas e pressão ou dor no abdômen.

Pólipos uterinos

Os pólipos uterinos crescem nas paredes internas do útero e são causados pelo supercrescimento das células do revestimento do útero. Os sinais mais comuns são sangramento menstrual prolongado, sangramento entre menstruações, menstruação excessivamente intensa e infertilidade. Durante a menopausa, pólipos podem formar-se e causar sangramento vaginal anormal. Após a menopausa, eles podem causar apenas um leve sangramento.

Considerações

Caso seus ciclos durem menos de 21 ou mais de 45 dias ou caso sejam mais ou menos intensos que o normal, consulte um médico. Se detectadas com antecedência, a maioria das doenças pode ser corrigida sem complicações a longo prazo. Com fluxos menstruais intensos, há maior risco de anemia, então é uma boa ideia fazer exames de sangue.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível