Significado do Grande Dragão na Ku Klux Klan

Escrito por sandra johnson | Traduzido por rodrigo castilhos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Significado do Grande Dragão na Ku Klux Klan
Os Grandes Dragões e a KKK existem desde de os tempos da guerra civil do sul dos EUA (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Desde seu surgimento, no final do século XIX, a Ku Klux Klan apareceu, entrou em declínio e reapareceu em várias formas. Por tratar-se de uma sociedade secreta, poucos indivíduos que não eram do grupo conhecem as particularidades das estruturas organizacionais e títulos da KKK. Há novas discussões sobre Magos Imperiais, Grandes Magos, Grandes Dragões e outros títulos, embora normalmente sem esclarecer a ordem hierárquica desses termos. Muitas vezes, isso deve-se ao fato de que o significado exato de um título como o Grande Dragão varia, especialmente com tantas encarnações e facções associadas à Ku Klux Klan.

Outras pessoas estão lendo

Criação e hierarquia da KKK

Entre os anos 1865 e 1866, um grupo de veteranos do exército confederado estabeleceu a primeira encarnação da Ku Klux Klan. Ao longo do primeiro ano, o que começou como um clube social evoluiu para um movimento organizado focado na segregação racial. Com a adesão de novos membros, surgiram lideranças e cargos hierárquicos e o Grande Mago presidiu nacionalmente. Os Grandes Dragões estavam um grau abaixo do Grande Mago na classificação e presidiam os estados ou regiões, conhecidos como reinos. As lutas internas levaram à dissolução da primeira Klan, em 1869.

Reencarnações da KKK

Após a virada do século XX, o interesse pela Klan reacendeu-se. Em 1915, apareceu uma segunda reencarnação da Ku Klux Klan, com um modelo de hierarquia semelhante à da primeira. Os Grandes Dragões novamente presidiram vários reinos que eram divisões em forma de estado da organização nacional. Novamente, brigas e desorganização, somadas ao desprezo do público pelas tendências da Klan por violência, levaram a outro declínio e dissolução da organização a nível nacional no final de 1920.

A perda dos direitos autorais e a queda da KKK

Um dos motivos da queda da Klan em 1920 foi o atraso de pagamento de impostos ao IRS (Internal Revenue Service), serviço de receita dos EUA. Com a dissolução da organização nacional, a liderança conseguiu se livrar de pagamentos de multas e impostos atrasados. No entanto, a Klan perdeu os direitos autorais do nome e de muitos símbolos associados à organização, levando a vários grupos dissidentes. Em meados de 1940, foram feitas tentativas para reencarnar divisões locais da Klan, com cada grupo elegendo seu Grande Dragão como o líder de estado. Sem uma liderança nacional e direitos autorais, pouco controle foi exercido sobre a organização ou hierarquia entre os grupos regionais.

Organização da Klan moderna

As atitudes políticas, raciais e sociais mudaram drasticamente desde a primeira encarnação da Ku Klux Klan no final do século XIX. Organizações da Klan moderna frequentemente tendem a afastar as novas divisões da violência associada à KKK original. Assim, muitas delas não fazem mais uso dos títulos e estruturas organizacionais das encarnações passadas da Klan. O Partido dos Cavaleiros, por exemplo, estabeleceu-se como um partido político cristão branco e não usa nenhum dos títulos e cargos de liderança da Klan original. No lugar de Grandes Dragões e Magos Imperiais, os grupos usam títulos como Pajem, Escudeiro e Cavaleiro.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível