Significado dos símbolos na estátua da justiça

Escrito por sasha rousseau | Traduzido por pedro santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Significado dos símbolos na estátua da justiça
A Senhora Justiça pode ter pequenas variações específicas de acordo com a localidade ou a instituição (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Uma estátua da justiça, também chamada de "Senhora Justiça" ou "Justiça Cega", é geralmente uma mulher segurando uma espada e uma balança e usando uma venda. Ela representa o sistema legal ou a justiça. A Senhora Justiça, como é comumente retratada no Ocidente atualmente, é uma mistura de antigas mitologias egípcias, gregas e romanas, provavelmente devido à influência que as mitologias tinham umas sobre as outras ao longo da expansão dos antigos impérios. Ela inclui também conceitos mais modernos de justiça.

Outras pessoas estão lendo

Iconografia egípcia

Na tradição egípcia, a deusa da justiça era chamada de Ma'at. Essa divindade carregava uma espada, como em representações modernas da justiça, mas, em vez de segurar uma balança, usava uma pena de avestruz no cabelo, para simbolizar o mesmo conceito. Essa deusa pesou os corações dos mortos para ajudar Osíris a julgá-los. O termo "magistrado" surgiu a partir do nome "Ma'at".

Iconografia grega

Na tradição grega antiga, a deusa da justiça é Themis, que organizava os assuntos humanos e presidia assembleias. Themis era também um oráculo de Delfos. Por ser uma profeta, ela não tinha os olhos vendados e, pelo fato de representar os aspectos comuns e sociais de justiça em oposição à punição ou poder externo, não tinha uma espada. Outra contribuição grega inclui Nêmesis, a personificação da vingança, que foi muitas vezes representada carregando uma espada.

Iconografia romana

Justitia era a deusa romana da justiça e, como nossas representações modernas de justiça, foi muitas vezes mostrada usando uma venda nos olhos, uma balança e uma espada. A contribuição romana para a iconografia da estátua também pode incluir a representação romana da sorte, chamada de Fortuna, que foi muitas vezes descrita como uma mulher de olhos vendados.

Vendas, balanças e espada

A venda da estátua da justiça representa imparcialidade e foi adicionada às suas representações comuns durante o século 15. O símbolo de imparcialidade da Senhora Justiça -- a venda -- reforça a devoção do tribunal para com a verdade objetiva. A balança representa a necessidade de ponderar os diferentes lados do caso. A espada da estátua simboliza o poder da justiça.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível