Técnicas de alfabetização para crianças com deficiência física

Escrito por rosalind mohammed | Traduzido por natalia peres
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Técnicas de alfabetização para crianças com deficiência física
Linguagem de sinais é apenas um método de ensinar alfabetização para crianças com deficiência física (Sign Language image by sonya etchison from Fotolia.com)

A alfabetização de uma criança com necessidades especiais pode ser um processo difícil, mas gratificante. Uma vez que a criança estabelece uma rotina que lhe permite compreender os diferentes tipos de informação diante dela, não existem limites para a exploração que eles podem executar no mundo da literatura. Desde aprender o ABC até a leitura avançada, paciência, perseverança e determinação são os principais fatores no ensino de qualquer criança, especialmente aquelas com deficiências físicas.

Outras pessoas estão lendo

Linguagem de sinais

A língua de sinais pode ser ensinada às crianças com deficiência auditiva, como a surdez parcial ou total, ou crianças incapazes de falar. Mesmo o uso limitado de suas mãos e braços podem ajudá-los a se expressar. O ABC pode ser ensinado em primeiro lugar, enquanto palavras simples podem ser ensinadas depois para ampliar o seu vocabulário. À medida que progridem, fica mais fácil para eles expressar seus pensamentos através da linguagem de sinais e enfrentarão menos frustrações na comunicação. A linguagem de sinais pode ser usada por qualquer pessoa para se comunicar, por isso, se a classe é misturada com crianças de diferentes deficiências físicas, muitas das crianças podem aprender e se comunicar uns com os outros. O único limite é a criança com deficiência visual, porém, os sinais podem ser pressionados em suas mãos para expressar palavras como uma alternativa.

Cartões de alfabetização

Estes tipos de cartões podem ser usados ​​por qualquer criança, independentemente da deficiência. Crianças com deficiência auditiva ou restrições corporais podem ver os cartões e aprender o ABC e palavras através da visão. As crianças com deficiências visuais podem sentir os cartões se forem em Braille. Há muitas atividades que podem ser realizadas com esses cartões, como jogos da memória, combinação e inventar histórias juntos. Os cartões podem ser coloridos e claros, apesar de serem adaptados à deficiência específica a qual se destinam a ajudar.

Livros em CD ou DVD

Em técnicas de alfabetização para não-deficientes, a leitura de livros com uma criança é um método valioso de ensino de palavras e seus significados. Uma criança com dificuldades auditivas pode ver um livro com as legendas em um DVD. A história pode ser contada através de imagens e palavras, para que a criança possa vê-la várias vezes e conseguir o efeito completo. Crianças com dificuldades de visão podem ouvir uma versão em áudio da mesma história em um CD. Elas ouvirão as palavras expressas no CD e com o tempo serão capazes de utilizar o seu novo vocabulário.

Performance de teatro

Uma peça ou esquete pode encantar qualquer criança com deficiência física. Os movimentos, adereços, cenários e expressões faciais podem atrair todos aqueles que podem vê-los. Enquanto as vozes, efeitos sonoros e ruídos podem chamar a atenção daqueles que podem ouvi-los. Muitas crianças com deficiências físicas podem ouvir e ver, mas têm dificuldade de se mover. Este tipo de performance pode lhes permitir interagir com atores e possivelmente atuar. Uma história simples promove a alfabetização e as crianças se lembrarão da experiência.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível