Que tipos de tecidos eram usados no período elisabetano?

Escrito por amy stanwyck | Traduzido por alessandra martins
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Que tipos de tecidos eram usados no período elisabetano?
A moda elisabetana incluía tecidos luxuosos como seda e veludo (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

A era que ambientou o reinado da rainha Elizabeth 1ª, de 1558 até 1603, foi caracterizada pelo renascimento Inglês - o florescer do teatro, da poesia, da música e principalmente, da moda. Os tecidos e cores usados nas vestimentas eram cruciais para a estrutura social da Inglaterra, e existiam até leis em vigor, os "Estatutos do Vestuário", que ditavam as cores e estilos que poderiam ser usados ​​pelas diferentes classes. Enquanto camponeses e comerciantes poderiam usar lã, por exemplo, eles não eram autorizados a usar roupas de veludo, ou mesmo imitar os estilos usados ​​pela nobreza. E alguns estilos nem eram permitidos para as classes altas; enfeites de arminho só eram usados pela família real. Vários tecidos foram usados nas vestimentas de ambas as classes alta e baixa, mas a qualidade e a delicadeza do tecido eram alteradas.

Outras pessoas estão lendo

Altamente popular, especialmente com as classes mais baixas, a lã foi usada em vestidos, meias, luvas, chapéus, capas, casacos, véus e túnicas. Foi um dos tecidos mais baratos e mais práticos disponíveis. "Na verdade, grande parte da economia girava em torno do comércio de lã", diz Drea Leed, especialista em trajes do século 16. A lã também pode ser combinada com seda ou com linho para criar tecidos mistos, como a sarja e fustão.

Linho

Usado para roupas de baixo, como camisetas e camisas femininas, o linho usado no período elisabetano se assemelha mais ao linho fino e uniforme usado nos lenços de hoje. Enquanto as classes mais baixas usavam versões mais resistentes e grosseiras, a nobreza usavam linho fino vindo da Holanda, que era muito caro, se desgastava rapidamente e não esquentava como outros tecidos.

Seda

"Seda era um tecido usado exclusivamente pelos ricos no período elisabetano", diz Leed. Usado para criar vestidos, jaquetas masculinas e outras peças, a seda no período elisabetano era mais resistente do que a usada hoje. Importada da Itália e da Espanha, a seda foi usada como base para tecidos altamente luxuosos, como tecido com fios de ouro e prata. Misturas de seda, feitas através da combinação da seda com lã ou linho, também eram muito comuns durante esta época.

Outros tecidos

Vários tipos de veludo estavam disponíveis durante esta época, incluindo pelúcia acolchoada, laços de pelúcia, policromada e brocada (veludo com tramas de ouro e prata). Cetim foi um dos materiais mais populares para forrar roupas e sapatos, especialmente entre a nobreza. E o "taphata" do século 16, que é similar ao tafetá de hoje, foi usado em roupas exteriores, forros para vestimentas, anáguas, enchimentos, enfeites para vestidos e em bordas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível