Trajes do Egito antigo, mesopotâmia e pérsia

Escrito por emily holland | Traduzido por raissa oliveira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Trajes do Egito antigo, mesopotâmia e pérsia
A saia era usada no Egito antigo, Mesopotâmia e Pérsia (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Ao longo dos séculos a humanidade concebeu um conjunto extremamente diversificado de formas de vestir nossos corpos. Já se usou de tudo, desde um único colar de contas até várias camadas pesadas de ferro martelado e cotas de malha. As sociedades ao redor do antigo Crescente Fértil também eram muito criativas e, apesar de poucos exemplos físicos de seus trajes permanecerem até hoje, registros históricos e representações artísticas redescobertas nos dizem que o povo do Antigo Egito, Mesopotâmia e Pérsia tinha, na verdade, uma variedade de opções de vestuário.

Outras pessoas estão lendo

Egito antigo

O povo egípcio geralmente usava roupas feitas de linho branco, embora a minoria rica pudesse pagar corante e outros tipos de tecidos, como a seda. O pano era costurado na forma de uma camiseta longa simples, chamada de túnica. As túnicas masculinas eram na altura dos joelhos e as femininas, dos tornozelos. Os homens que ganhavam a vida trabalhando no campo, muitas vezes, enrolavam uma única longa peça de tecido em volta de sua cintura várias vezes para formar uma saia, em vez usar uma túnica. Poucas pessoas usavam calçados, mas aqueles que o faziam optavam por sandálias feitas de palha ou couro. Tanto homens quanto mulheres usavam delineador e sombra para os olhos.

Trajes do Egito antigo, mesopotâmia e pérsia
Muitos egípcios antigos tinham cortes de cabelo semelhantes, na altura do ombro, independentemente do sexo (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Mesopotâmia

Os povos mais antigos da Mesopotâmia usavam peles de animais, tangas, e cordas simples na cintura para vestir-se. Eles logo aprenderam a fazer tecidos de lã e pelos de ovelha, e a ideia de saia envelope com um cinto grosso foi concebida. As saias eram decoradas com miçangas, bordados, pedaços de tecido cortado em diversos formatos e franjas. O linho era muito caro para a maioria das pessoas e a seda não chegou à essa região até muito mais tarde, então eles frequentemente utilizavam lã para fazer de tudo, desde capas até sapatos.

Trajes do Egito antigo, mesopotâmia e pérsia
A maioria dos exemplos remanescentes de vestuário da Mesopotâmia são peças decorativas feitas de metal (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Pérsia

Os persas surgiram com a ideia de calças na região. Essas calças eram semelhantes para ambos os sexos, mas variavam segundo as classes sociais. A maioria das peças de roupas eram feitas de linho, seda e algodão, que era tingido e decorado com contas, plissados ​​e bordados. Eles também vestiam longas camisas, abertas na frente e presas em torno da cintura com um cinto de couro com mangas longas e pregueadas no pulso. À medida que a sociedade se enriqueceu, ele começaram a pintar suas roupas com desenhos intrincados e a fazer bordados com cores mais vibrantes, além de tornar tudo ainda mais bonito com adereços de ouro. O cinto eventualmente do simples couro para uma longa faixa, que era amarrada apertadamente abaixo da cintura.

Trajes do Egito antigo, mesopotâmia e pérsia
A influência da Mongólia trouxe adornos arredondados para usar na cabeça (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Influências

Observando a história dessas três sociedades, é possível ver como todas elas influenciaram umas as outras, já que muitos tipos de roupas eram comuns a todas as três. Invasões, guerras e comércio durante este período na história da humanidade permitiram que o estilo se transferisse de região para região e evoluísse para se adaptar a cada cultura.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível