Tratamentos holísticos para curar infecção por Helicobacter pylori

Escrito por robin reichert | Traduzido por tamara loebe
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tratamentos holísticos para curar infecção por Helicobacter pylori
A Helicobacter pylori é um tipo de bactéria que provoca uma infecção nos intestinos e estômago (Ryan McVay/Photodisc/Getty Images)

A Helicobacter pylori é um tipo de bactéria que provoca uma infecção nos intestinos e estômago, e é transmissível de uma pessoa para outra através do contato com fezes ou saliva. Ela também pode ser transmitida através de água não tratada. Você pode sentir desconforto abdominal, azia, náuseas, vômitos, inchaço e perda de peso rápida. Esta condição pode levar à formação de úlceras. A infecção geralmente é tratada com antibióticos, mas existem métodos alternativos para o tratamento que apresentam a mesma eficácia.

Outras pessoas estão lendo

Procurando por assistência médica

Se os sintomas se prolongarem, ou se você desenvolver uma dor extrema no abdômen, tiver problemas com a deglutição, apresentar fezes ou vômitos escuros ou sanguinolentos, você deve procurar um médico imediatamente. Além disso, se você notar quaisquer tipos de reações alérgicas aos remédios à base de ervas, como inchaço, dificuldades para respirar ou erupções, deve interromper o tratamento e procurar ajuda médica imediatamente.

Úlceras

A Helicobacter pylori pode formar úlcera gástricas, pois as bactérias podem se desenvolver no estômago e viver dentro dos tecidos da mucosa que revestem o aparelho digestivo. Úlceras duodenais são frequentemente causadas por este tipo de bactéria, e em 95% de todos os casos que as envolvem, a Helicobacter pylori é a causa definitiva. Quando se trata da formação de úlcera gástrica, 70% delas são causadas por esta bactéria.

Boldo

O boldo ajuda a curar úlceras. Ele é comumente utilizado para diminuir a inflamação no trato intestinal; a erva contém antocianósidos, que melhoram a resistência dos vasos sanguíneos e dos processos circulatórios, e impedem a agregação de plaquetas sanguíneas. O boldo também tem antioxidantes, que ajudam a prevenir danos celulares devido aos radicais livres no corpo. Esta erva também tem taninos, que se comportam como um adstringente, diminuindo problemas de diarreia e de irritação intestinal. A dose indicada para tratar questões relacionadas à Helicobacter pylori são de 80 mg a 120 mg duas vezes por dia.

Calêndula

A calêndula é eficaz para o tratamento de úlceras duodenais. Esta erva pode ser consumida via oral como um tratamento homeopático para úlceras causadas pela Helicobacter pylori. Ela tem a capacidade de aliviar dores de estômago e acelera ainda mais o processo de cura através da intensificação do fluxo sanguíneo. Você pode ferver de de 5 a 10 gramas da erva em água durante 15 minutos. É seguro consumir até três copos por dia para lidar com a Helicobacter pylori.

Camomila

A camomila é uma erva que promove a cura natural, diminui reações da mucosa digestiva, minimiza o estresse e reduz os gases. Ela tem sido muito utilizada para acalmar, lidar com problemas digestivos e aliviar as condições musculares espasmódicas. Quando camomila é seca ou triturada, ela gera um óleo azul, que minimiza o inchaço e a inflamação e tem propriedades anti-virais e anti-fúngicas. O chá de camomila romana pode ser consumido de três a quatro vezes por dia para o tratamento de úlcera. Para fazer o chá, ferva de 2 a 4 gramas de camomila em água quente por 15 minutos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível