Como tratar um cão com sarna vermelha e erupções espalhadas pelas laterais do corpo

Escrito por heather vecchioni | Traduzido por giovana moretti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como tratar um cão com sarna vermelha e erupções espalhadas pelas laterais do corpo
Os filhotes são propensos a desenvolver a sarna vermelha, porque seus sistemas imunológicos não estão totalmente desenvolvidos (two sweet puppies image by Lars Christensen from Fotolia.com)

A sarna vermelha, ou sarna demodécica, é um problema de pele comum que provoca a perda de pelo em cães. Ela é resultado dos ácaros Demodex canis ou Demodex injai. Todos os cães têm esses ácaros vivendo em seus corpos, e muitos passam a vida sem nenhum problema relacionado à presença deles. Filhotes e cães com sistemas imunológicos suprimidos, porém, podem desenvolver a sarna vermelha por causa desses ácaros. Os sintomas da condição incluem partes do corpo sem pelos, particularmente em volta das patas, abdômen, cabeça, pescoço e pernas. Além disso, os cães afetados podem sofrer de escamação e rugosidade, inflamação e pústulas, ou erupções. Felizmente, a sarna vermelha pode ser resolvida com a ajuda de um veterinário.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Gel de peróxido de benzoíla a 5%
  • Pomada de rotenona a 1%
  • Xampu de peróxido de benzoíla
  • Ração de alta qualidade
  • Imersão em Amitraz
  • Ivermectina
  • Milbemicina oxima
  • Grampos de cabelo
  • Luvas de borracha

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Aplique uma pomada ou gel indicado para tratar sarna vermelha às lesões diariamente. Pomadas e géis úteis incluem o gel de peróxido de benzoíla a 5% e a pomada de rotenona a 1%. Esse tipo de tratamento tópico é eficiente em cães que tenham sarna localizada ou menos de cinco lesões no corpo.

  2. 2

    Banhe cães com sarna localizada com xampu de peróxido de benzoíla. A frequência desses banhos vai depender do animal. Consulte o veterinário para saber com que frequência você deve usar o xampu. Além disso, alimentar os cães afetados com ração de alta qualidade que contenha ácidos graxos também pode ajudar a melhorar o sistema imunológico e a condição da pele.

  3. 3

    Banhe o cão com Amitraz a cada duas semanas, por 4 ou 14 semanas, se ele tiver sarna generalizada ou mais de cinco lesões no corpo. O Amitraz, um organofosfato, costuma ser eficiente em eliminar os ácaros que causam a sarna vermelha. Porém, esse tipo de tratamento pode ser difícil em certos cães, pois ele tem um cheiro forte que pode causar náusea e sedação.

  4. 4

    Administre a ivermectina ou milbemicina oxima em cães que não responderem ou não tolerarem o Amitraz. A quantidade a ser dada deve ser decidida pelo veterinário. Ambos os medicamentos são dados oralmente. Eles também são usados sem prescrição, pois são indicados principalmente para prevenir infecções de dirofilariose.

  5. 5

    Dê antibióticos para tratar quaisquer infecções secundárias que sejam causadas pela sarna vermelha. O veterinário vai determinar quais antibióticos devem ser dados e dizer com que frequência você deve administrá-los. As pústulas na pele são geralmente causadas por uma infecção e se resolvem frequentemente com a ajuda de antibióticos.

Dicas & Advertências

  • Se seu cão mais velho desenvolver sarna vermelha, pode ser um sinal de sistema imunológico suprimido. Consulte o veterinário quanto a exames para certas doenças que possam causar esse tipo de problema.
  • Antes de aplicar o Amitraz, tose seu cão se ele tiver pelos médios ou longos. Fazer isso ajuda o Amitraz a ter mais contato com os ácaros.
  • Use luvas de borracha ao aplicar o Amitraz, e faça isso numa área bem ventilada.
  • Não use a ivermectina em collies ou raças semelhantes, pois isso pode causar sérios problemas de saúde.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível