Tumores na glândula mamária de cachorros

Escrito por sarah arnette | Traduzido por even star
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tumores na glândula mamária de cachorros
Cadelas desenvolvem câncer de mama com mais frequência, mas também pode ocorrer em machos (dog image by Lina Miseviciute from Fotolia.com)

Tumores na glândula mamária, também conhecidos como câncer de mama, podem ocorrer em cadelas com idade entre cinco e dez anos, de acordo com o veterinário Race Foster, do site PetEducation.com. Essa condição é vista com mais frequência em cadelas que não foram castradas ou foram castradas em uma idade mais avançada. Essa condição não afeta com frequência cadelas ou cachorros que foram castrados ainda jovens. Esse é o tipo de câncer mais fácil de ser prevenidos em cachorros, diz Foster.

Outras pessoas estão lendo

Sintomas

Com frequências, cachorros que desenvolvem câncer de mama não mostram nenhum sintoma nos primeiros estágios, de acordo com o veterinário Jeffrey Philibert, da Universidade de Minnesota. Tipicamente, o câncer na glândula mamária não é descoberto até que ele esteja nos estágios finais e normalmente é notado ao apalpar as tetas do cachorro. Pode existir uma diminuição nos níveis de apetite e energia e haver certo inchaço nos mamilos do cachorro, mas isso não é comum. Úlceras que causam secreção de pus dos mamilos não é perceptível até os estágios avançados dessa condição.

Diagnosticando

Se um veterinário notar uma pequena massa sólida nas glândulas mamárias do cachorro durante um exame físico, ele poderá pedir mais testes. Essa massa aparentará ser dura, como se estivesse presa à pele, e não mudará de lugar durante a palpação. Os testes requeridos incluirão um exame de sangue completo, análise de urina e raio-X. Esses testes ajudarão a determinar a probabilidade de o câncer estar presente no sistema do cachorro. O raio-X mostrará para o veterinário o tamanho, o número e a localização do tumor presente no cachorro. Uma biopsia será pedida, para determinar se o câncer é maligno e suscetível de se espalhar. Existe uma chance de 50% de um tumor ser maligno, de acordo com Philibert.

Tratamento

O tratamento pode variar dependendo do número de tumores e do tamanho deles. Se vários tumores se espalharam pelo corpo, a condição é considerada terminal e um tratamento de apoio, como medicamentos para dor, serão administrados. Se os tumores não se espalharam e a condição aparentar ser tratável, uma cirurgia removerá as grandes massas, enquanto quimioterapia e radiação podem ser administradas para destruir as células cancerígenas remanescentes.

Prognóstico

O prognóstico de um cachorro com câncer de mama varia dependendo do quadro de saúde geral do cachorro e da severidade dos tumores. Se o cachorro não estiver em boas condições gerais e de saúde e houver um grande número de tumores que infectaram todo o corpo, o prognóstico é insuficiente e a condição poderá ser considerada terminal. Se o cachorro estiver com um bom quadro geral de saúde e a condição for descoberta cedo ou se os tumores forem benignos e não estiverem propensos a se espalharem, a condição é tratável e pode-se esperar uma remissão completa, de acordo com Foster.

Prevenção

A melhor maneira de prevenir tumores na glândula mamária de uma cadela é castrá-la antes do primeiro cio, aconselha Foster. As chances de uma cadela desenvolver câncer de mama após ser castrada antes do primeiro cio é 0,05%, enquanto as chances dela desenvolver quando castradas após o primeiro cio e antes do segundo aumenta para 8%. Cadelas que foram castradas após o segundo cio são 26% mais suscetíveis a desenvolver câncer de mama, de acordo com Foster. O cachorro que foi castrado após o primeiro cio deve ser alimentado com ração de alta qualidade e deve ser mantido em um peso apropriado para sua altura e deve se reproduzir para reduzir os riscos de um tumor nas glândulas mamárias.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível