Como clonar rosas

••• rose bouquets image by Susan Rae Tannenbaum from Fotolia.com

A clonagem é o processo usado para se criar uma nova flor a partir do corte de uma outra rosa. Normalmente, o corte ou pedaço é tirado de uma roseira que esteja murchando ou de um buquê que contenha uma variedade de rosa que você ache atraente e, a partir dele, você poderá propagar a flor. A clonagem de uma rosa é um processo longo que requer paciência e muito cuidado na hora do corte. Geralmente, os clones começam a mostrar algum progresso em uma uma semana mas algumas variedades podem levar muito mais tempo.

Passo 1

Rose flower isolated on black background image by Misza from Fotolia.com

Faça o corte da flor, removendo um pedaço abaixo do ponto onde a haste dela e o caule principal da roseira se encontram. O corte ideal tem 12,5 cm de comprimento, cinco grupos diferentes de folhas e uma flor murcha (já florescida).

Passo 2

Enrole o corte com papel-toalha umedecido e coloque dentro de um saco plástico selado.

Passo 3

Coloque 1/8 de colher de chá de adubo de crescimento, a mesma quantidade de bicarbonato de sódio (para evitar fungos) e algumas gotas de detergente líquido em uma garrafa borrifadora de 475 ml cheia de água.

Passo 4

Dobre a boca do saco plástico em mais ou menos 5 cm e coloque três xícaras de solo para envasamento dentro dele.

Passo 5

Ponha um pouco menos de uma xícara de água no saco e amasse o solo com as mãos.

Passo 6

Pressione o solo ensacado e, com o dedo, faça um furo bem no centro.

Passo 7

Tire o papel-toalha de volta da flor e corte a haste a mais ou menos 1,25 cm do grupo de folhas no topo do corte.

Passo 8

rose cut image by dinostock from Fotolia.com

Remova as folhas na parte de baixo do corte, deixando um ou dois grupos de folhas no topo da haste.

Passo 9

Faça um corte em X na base da haste, ou embaixo do ponto mais baixo onde a haste da flor encontra o botão.

Passo 10

Mergulhe o corte em um composto enraizante líquido e posicione-o inclinado no furo que você fez no solo, pressionando bem a terra ao redor dele.

Passo 11

Desdobre a boca do saco e borrife a solução preparada na garrafa dentro dele.

Passo 12

Feche o fecho ziplock do saco nas laterais, mas deixando 2,5 cm de abertura no centro. Deixe sobrar ar dentro do saco para que ele se expanda antes de fechá-lo completamente.

Passo 13

Coloque o saco em uma área com luz solar indireta em observe o crescimento de uma nova flor.

Passo 14

rose bud image by Alison Bowden from Fotolia.com

Remova folhas e brotos mortos, e fungos, conforme necessário. Se o solo começar a rachar ao redor da haste, mova ela com cuidado para dentro da rachadura para firmá-la melhor.

Passo 15

Borrife a solução e infle novamente toda vez que você abrir o saco.

Passo 16

Comece a abrir o saco (2,5 cm por três horas no primeiro dia) quando você notar o crescimento de um ou dois grupos novos de folhas acima do solo mas sem o aparecimento de raízes ou quando você ver raízes pelo saco, por baixo da terra, por várias semanas. Se a flor se inclinar ou as folhas ficarem marrons, sopre dentro do saco e feche novamente. Tente reabri-lo depois de alguns dias.

Passo 17

Se o corte não for afetado, feche o saco novamente depois de três horas. No dia seguinte, dobre o tamanho da abertura e o tempo que o saco ficará aberto (5 cm durante 6 horas).

Passo 18

Continue abrindo o saco, deixando a abertura um pouco maior e aberta por mais tempo a cada dia até que ele fique completamente aberto.

Passo 19

Dobre a boca do saco assim que você tenha conseguido deixá-lo aberto por um dia inteiro sem danos à rosa, e deixe-o aberto por quatro dias.

Passo 20

Borrife a solução da garrafa uma vez por dia enquanto o saco estiver aberto. Você começará a ver as raízes se formando no fundo do saco, indicando que a rosa estará pronta para ser envasada depois de 10 a 30 dias do inicio do processo.

Mais recentes

×