Como lidar com galos no galinheiro

••• rooster image by AGphotographer from Fotolia.com

Os galos são um componente fundamental de um grupo de galinhas. A proximidade de um galo não estimula as galinhas a botar ovos, mas sua presença mantém uma hierarquia natural entre as aves fêmeas. Os machos devem ser cuidadosamente monitorados quando compartilham um galinheiro com as galinhas, a fim de garantir que eles não comprometam a postura e a incubação de ovos. Como eles podem ser muito agressivos ao proteger o grupo, é necessário ter cuidado quando você estiver no galinheiro.

Passo 1

Confine o galo no galinheiro com as galinhas para que ele possa manter a hierarquia intacta. Lembre-se de que na ausência de um macho, a galinha mais dominante cessará de produzir ovos e assumirá o papel de um pseudo galo.

Passo 2

Mantenha um mínimo de oito, mas de preferência 12 ou mais galinhas juntamente com o galo, para que ele tenha que dividir sua atenção com o maior número possível de fêmeas. Os galos que são sexualmente ativos em demasia estressam as galinhas com suas tentativas constantes de acasalarem-se com elas.

Passo 3

Adicione mais galinhas ao galinheiro se você notar a perda de penas no pescoço e nas costas de suas aves, pois esses sinais indicam que o galo tem montado sobre as fêmeas continuamente e que sua atenção deve ser desviada por meio da introdução de mais galinhas.

Passo 4

Remova qualquer galinha particularmente dócil que deixe o galo montar sobre ela continuamente, caso contrário, ele comprometerá a postura de ovos do animal em questão.

Passo 5

Forneça a seu galo mais galinhas para distraí-lo, caso ele cante excessivamente.

Passo 6

Remova outros galos da área para evitar sessões longas de cantos. Os machos cantam como uma resposta a outros galos da vizinhança.

Passo 7

Instale lâmpadas em um galinheiro fechado para confundir o relógio biológico do galo e fazê-lo cantar no final da manhã, e não quando os vizinhos estiverem tentando dormir.

Mais recentes

×