Como matar um porco em casa

••• Jupiterimages/BananaStock/Getty Images

Se você cria porcos em um pedaço de terra ou caça javalis durante temporadas de caça, precisará abatê-los. Você pode mandar o animal para um açougueiro profissional e pagar-lhe para processá-lo. Nos dias atuais, um açougueiro experiente cobrará R$ 1,50 ou mais por cada meio quilo processado. Matar você mesmo o animal vai lhe economizar um custo considerável. Por isso, lhe ensinaremos uma técnica valiosa e deixaremos você ver em primeira mão o esforço necessário para colocar comida na sua mesa.

Passo 1

Prepare o seu local de trabalho e decida o local em que matará o porco. Prepare uma mesa para processar os cortes individuais de carne e organize suas facas sobre ela. Coloque gelo e água fria em uma grande caixa térmica ou caixa de gelo para preservar os cortes de carne enquanto estiver trabalhando. Prepare o gancho e o sistema de polias. Traga uma mangueira com um bocal de pressão e, se possível, deixe-a por perto. Se não puder, deixe alguns baldes de água prontos.

Passo 2

Se prepare. Coloque roupas velhas que você possa lavar com água sanitária quando terminar. Coloque botas de borracha se não tiver sapatos laváveis. Proteja o seu cabelo com uma faixa, já que não vai conseguir tirá-lo do rosto quando suas mãos estiverem sujas de sangue. Coloque creme de cânfora na máscara cirúrgica se for sensível a cheiros diferentes.

Passo 3

Estude a anatomia do porco antes de começar. Familiarize-se com a localização da veia jugular e da aorta, bem como os nomes e localizações dos diferentes tipos de cortes. Esquemas anatômicos estão disponíveis em algumas lojas do ramo e mesmo na internet.

Passo 4

Atire no porco com um rifle calibre 22 entre os olhos e ligeiramente acima deles. Dessa forma, uma única bala bem colocada vai matá-lo instantaneamente. Afaste-se imediatamente depois de atirar, pois embora esteja morto, os impulsos nervosos farão com que ele trema e chute violentamente, o que poderá lhe machucar se você ficar muito perto. Corte a garganta, assim que o corpo estiver inerte, em cerca de 15 centímetros de profundidade para que possa atingir a jugular. Deixe-o sangrar por alguns minutos.

Passo 5

Transporte-o para a área de trabalho. Você conseguirá arrastar um porco menor, mas pode precisar de um trator se o animal pesar mais de 90 kg.

Passo 6

Utilizando uma mangueira, lave-o com água pressurizada ou jogue baldes de água para limpar a lama e detritos sobre a pele do animal. Esfregue com uma escova de aço e lave-o novamente, repetindo até que o animal esteja sem lama e sujeira.

Passo 7

Corte uma pequena abertura na pele e no músculo, perto das articulações do joelho, tendo cuidado para não lesionar os tendões. Insira os ganchos em cada corte e levante o porco até uma altura confortável para trabalhar. Você pode amarrar uma corda em torno das pernas dele, caso não possua um sistema de gancho e polia, e pode precisar de duas ou mais pessoas para ajudar a içar e amarrar a corda. Deixe que ele sangre pela garganta até todo o sangue ter saído.

Passo 8

Retire a cabeça cortando a carne em torno da coluna vertebral com uma faca afiada. Em seguida, corte a coluna vertebral com uma serra de osso. Deixe a cabeça de lado.

Passo 9

Remova a pele. Puxe uma área de pele e corte-a superficialmente. Corte-a sempre direcionando para baixo e guiando com o dedo. Continue a puxá-la para fora da carne, enquanto corta com a faca. Descarte-a ou a mergulhe em água gelada se pretende curti-la depois.

Passo 10

Remova os órgãos internos. Corte em volta do ânus, sendo extremamente cuidadoso para não cortar os intestinos. Corte o estômago a partir do ânus para abrir a cavidade abdominal. Coloque um carrinho de mão perto do abdômen e puxe os órgãos para baixo para que caiam dentro dele, cortando os ligamentos que prendem os órgãos. Tire os órgãos que deseja aproveitar, tais como o fígado e o coração e coloque-os em água com gelo. Tire o carrinho de mão do caminho.

Passo 11

Corte as pernas da frente na articulação do joelho e descarte-as. Corte o porco na metade pela coluna usando uma serra de osso. Em seguida, corte os pedaços de carne sob as costelas e coloque-os na água com gelo, esse é o bacon. Remova os ombros com uma faca afiada e coloque-os em água com gelo, essa é a paleta, também conhecida como ombro de porco. Tire as costelas da coluna vertebral e coloque-as em água gelada. Corte os ligamentos dorsais (carne ao redor da coluna vertebral) do osso e coloque em água gelada, essa parte é a costeleta de porco sem osso. Nesse ponto você deve ter duas pernas ainda penduradas ao gancho. Abaixe-o para que fique mais fácil de alcançá-las, em seguida, retire a carne do osso ou corte-a da pelve e segmentos da coluna. Essa parte é o presunto.

Passo 12

Embale cada parte e rotule com o nome do corte e o tipo de carne. Em seguida, coloque-as no congelador.

Passo 13

Enterre os restos do porco em um buraco profundo ou deixe-os em um bosque ou floresta fechada para que animais e insetos limpem-no. Verifique a legislação local sobre as leis de descarte. Limpe suas facas, ganchos e mesa e coloque-os para fora. Lave o chão com uma mangueira ou com baldes de água, em seguida, esfregue-o com água sanitária. Limpe suas botas de borracha e deixe suas roupas de molho em água quente com detergente ou água sanitária.

Mais recentes

×