Como fazer panfletos de cuidador

••• creativity street black image by pdesign from Fotolia.com

Fazer panfletos eficazes para um cuidador exige organização, a compreensão de seu público e um pouco de criatividade. Ele deve prender a atenção do seu leitor, pois não será possível estimular o público a tomar uma atitude se o seu panfleto for maçante, não fornecer as informações necessárias ou não dar detalhes do contato.

Passo 1

Conheça o seu público-alvo. Seu panfleto pode ser destinado a pessoas que necessitem de cuidados, parentes de pessoas com essas necessidades ou pessoas interessadas em prestar cuidados. Para criar um panfleto eficaz é preciso ter seu público em mente. Entenda quais informações eles possam querer - em que ordem - e forneça-as.

Passo 2

Encontre uma ideia original. A coisa mais importante em um panfleto é agarrar a atenção do leitor. Seu objetivo é obter e manter a atenção do leitor em um período muito curto de tempo. Para fazer isso, use uma fonte grande e em negrito. Perguntas muitas vezes chamam a atenção. Por exemplo: "Quer saber que tipo de cuidado está disponível para você?"

Use imagens para deixar o seu panfleto mais interessante, mas evite usá-las em excesso, e use apenas imagens relevantes.

Passo 3

Forneça as informações necessárias. Panfletos eficazes fornecem aos leitores todas as informações de que eles precisam. Responda as cinco perguntas: Quem? O quê? Quando? Onde? Por quê? Diga ao leitor como agir, fornecendo as informações de contato na parte inferior.

Passo 4

Incentive o público a agir. Na parte inferior do panfleto, antes de fornecer ao leitor detalhes de contato, convide-os a tomar uma atitude. Ela pode ser uma simples frase ou declaração encorajando-os a perguntar sobre o seu serviço. Por exemplo, use a frase "Ligue agora para informações gratuitas!" ou "Venha visitar-nos hoje mesmo!"

Passo 5

Evite o excesso em seu panfleto. Dê todas as informações da forma mais simples possível para agarrar rapidamente a atenção do leitor sem sobrecarregá-lo com muita informação. Não use palavras complexas. Use marcadores e setas quando apropriado. Lembre-se: Os panfletos mais eficazes são os mais simples.

Mais recentes

×