Como ajudar um adolescente com Síndrome de Aspeger a fazer e manter amigos

Escrito por ehow contributor | Traduzido por débora sousa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como ajudar um adolescente com Síndrome de Aspeger a fazer e manter amigos
O seu filho adolescente pode não ser a atração da festa, mas ele pode fazer amizades sólidas (Roger Weber/Digital Vision/Getty Images)

Você sempre achou ele uma criança excêntrica, mas agora, adolescente, seu filho foi diagnosticado com Síndrome de Asperger. O mundo social dos adolescentes é caótico e irritante na melhor das hipóteses, e isso é particularmente desafiador para um adolescente com síndrome de Asperger. Mas com a sua ajuda, ele pode encontrar e manter amigos.

Nível de dificuldade:
Desafiante

Outras pessoas estão lendo

Instruções

    Saiba mais

  1. 1

    Saiba que a Síndrome de Asperger é definida como um transtorno invasivo do desenvolvimento do espectro do autismo caracterizado por uma discrepância entre as habilidades intelectuais e sociais.

  2. 2

    Entenda que quem tem a Síndrome possui dificuldades em entender sinais sociais, embora sejam academicamente avançados.

  3. 3

    Alinhe suas expectativas com a realidade. Saiba que essa criança, provavelmente, não será popular, mas pode ser feliz e realizada com apenas um ou dois bons amigos.

    Ajude o seu filho

  1. 1

    Incentive seu filho a perceber quando outras crianças estão interessadas ​​nele, pois ele pode não buscar atenção. Frise que é importante lembrar os nomes dos colegas de classe e utilizá-los na conversa.

  2. 2

    Apoie o seu adolescente a fazer atividades sociais. Eles podem ficar desconfortáveis ​​em pedir alguém para apenas "sair", então um filme e sorvete pode parecer mais convidativo.

  3. 3

    Estimule-o a se juntar aos clubes da escola. Muitas crianças que possuem a Síndrome de Asperger têm interesses muito específicos e podem aproveitar as suas competências nesta área em uma atividade social.

  4. 4

    Crie um limite para atividades individuais como vídeo-games, mas saiba que estar muito tempo em contato social pode ser demais para suportar.

  5. 5

    Saiba que o seu filho com Asperger pode aparentar ser indiferente ao fato de não ter amigos. Muitos desses adolescentes se importam, e muito, mas simplesmente desistiram de ter uma vida social.

    Procure profissionais

  1. 1

    Encontre grupos de habilidades sociais em sua área. Eles geralmente consistem de três ou mais adolescentes da mesma idade, que se reúnem uma vez por semana para interagir socialmente, sob a orientação de um terapeuta. O objetivo é levar suas novas habilidades para o mundo mais amplo.

  2. 2

    Encontre um terapeuta especializado em adolescentes com a Síndrome de Asperger, ou que pelo menos entenda do assunto. O seu filho terá problemas por ser "diferente", e ele deverá discutir com alguém sobre isso, de preferência com um profissional qualificado. Ele pode precisar de mais ajuda no estabelecimento de metas sociais.

  3. 3

    ­­

Dicas & Advertências

  • Saiba que adolescentes com a Síndrome de Asperger, muitas vezes, se dão melhor com pessoas mais jovens ou mais velhas, e não com pessoas da mesma idade.
  • Sugira que o seu filho tente fazer amizade com alunos estrangeiros que possam não perceber a sua falta de habilidades sociais ou possam ter uma maior empatia pela sua estranheza.
  • Não tente forçar os irmãos do seu filho a incluí-lo em seus círculos sociais, pois isso causará apenas ressentimento.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível