Características físicas da Arábia saudita

Escrito por michael hinckley | Traduzido por wanderson david
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Características físicas da Arábia saudita
Conheça um pouco da história da Arábia Saudita (drapeau arabie saoudite saudi arabia flag image by DomLortha from Fotolia.com)

Uma descrição física da geografia e do clima da Arábia Saudita inclui as fronteiras geográficas, uma visão global do ecossistema predominante, uma breve história do país e a produção agrícola e mineral. Este artigo faz uma breve apresentação sobre o sistema de governo da Arábia Saudita, com quais países ela faz fronteira e uma lista de suas 13 províncias.

Outras pessoas estão lendo

Tamanho

A Arábia Saudita é o maior país da Península Arábica. Ela faz fronteira com o Golfo Pérsico a nordeste; com o Mar Vermelho, a oeste; com o Jordão, Iraque e Kuweit, ao norte; com o Catar, Bahrein e os Emirados Árabes Unidos, a leste; e com o Omã e o Lémen, ao sul. Todo seu território tem aproximadamente 2.150.000 km², com um clima predominantemente desértico seco e quente.

Geografia

A Arábia Saudita não possui rios ou grandes lagos. Uma cordilheira de altas montanhas situa-se paralela ao Mar Vermelho no leste do país. É nessa parte ao leste que as duas cidades sagradas, Meca e Medina, estão situadas. No centro-oeste do país está situada a capital, Riade, e no Golfo Pérsico ficam cidades litorâneas importantes, como Ad Dammam e Ra's al Khafji. Jabal Sawda (a Montanha Preta) é a elevação mais alta da Arábia com 3.100 metros. Sendo um deserto, poucas partes do país são aráveis e, por isso, a Arábia importa a maior parte de seus alimentos, com exceção da carne e outros produtos animais. Os abastecimentos de água são ampliados pelo uso de plantas costeiras de dessalinização.

História

O reino da Arábia Saudita foi formado após o fim da Primeira Guerra Mundial, mas um conflito interno impediu até 1932 a unificação do que hoje é conhecido como Arábia Saudita, um evento comemorado anualmente em 23 de setembro. O controle dos recursos de água foi a causa de vários conflitos com países vizinhos como o Catar e o Iêmen, dos quais a maioria estão protegidos por um acordo entre os países. Além disso, o governo da Arábia exerce um controle rigoroso sobre os recursos minerais nas suas fronteiras, incluindo o petróleo. Economicamente, o controle dos recursos naturais permitiu que a Arábia Saudita acumulasse um Produto Interno Bruto (PIB) alto e, por isso, é um dos colaboradores mais importantes das outras nações, como o Líbano e os territórios palestinos.

Função

O rei da Arábia Saudita também atua como o primeiro-ministro e, por isso, tem um duplo papel no governo. Todas as posições governamentais, incluindo o gabinete ministerial e o consultivo ou "Majlis al-Shura", são nomeados pelo rei. Não há eleições na Arábia e, por isso, não existem partidos políticos de oposição, embora grupos de empresas estrangeiras e grupos dos direitos das mulheres exerçam um pouco de pressão sobre o governo. As leis na Arábia Saudita são baseadas em uma interpretação de Shari'a, ou Lei Islâmica, e são administradas por um Supremo Tribunal de Justiça.

Efeitos

A exportação mais importante desse país é o petróleo, sendo considerada a maior fonte de petróleo do mundo. A renda adquirida pelo petróleo supre a maioria dos gastos governamentais, embora haja algumas iniciativas de diversificar a economia e atrair investimentos estrangeiros. As barreiras geográficas e climáticas, como as secas que duram décadas e as grandes planícies de sal, impedem a habitação que não seja para a exploração de petróleo em grande parte do país. A Arábia Saudita é o lar do maior deserto de areia no mundo (o Rub al-Khali ou "distrito vazio").

Considerações

A Arábia Saudita é dividida em 13 províncias, cada uma com sua própria capital. As províncias são: Borda do Norte, Jouf, Tabuk, Hail, Qasim, Medina, Maca, Riyadh, Província Oriental, Baha, Asir, Jizan, e Najran.

Potencial

Apesar do clima desértico, o calor extremo do país faz com que muitas cidades litorâneas tenham uma umidade alta que, às vezes, atinge até 100%. Grandes áreas desérticas foram convertidas em áreas aráveis através do uso de irrigação, permitindo que a Arábia se torne um exportador de certos produtos agrícolas, como tâmaras. Aumentar a diversificação, incluindo o uso de irrigação subterrânea e transferência de água, pode reforçar ainda mais a produção agrícola do país.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível