Celebrações natalinas em diferentes países

Escrito por becky swain | Traduzido por luiza g. brando
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Celebrações natalinas em diferentes países
Os italianos usam presépios para decorar as casas e os negócios (Comstock/Comstock/Getty Images)

Você espera pela celebração do Natal com decorações, tradições e comidas únicas dessa época do ano. Ao redor do mundo, outras pessoas compartilham essa mesma ansiedade pelo feriado. Espie pelas janelas das casas de outros países durante o Natal. Explore as diversas celebrações e encantos de outro continente, onde camelos, os Três Reis Magos, o Papai Noel e uma bruxa benevolente levam presentes e guloseimas para as crianças boazinhas.

Outras pessoas estão lendo

Natal em Gana

A celebração do Natal em Gana se estende desde 20 de dezembro até a primeira semana de janeiro. Cerca de 40 por cento dos ganenses são cristãos, que celebram o Natal com missas tradicionais e festas familiares. Ramos de palmeira e flores decoram as igrejas, onde às vezes também há uma árvore enfeitada. Ornamentos feitos com papeis de cores vivas decoram as casas. As famílias decoram mangueiras ou cajueiros com enfeites de papel, ou decoram um único galho de árvore dentro de casa. As pessoas viajam até suas cidades ou vilas natais antes do Natal. As famílias saboreiam um jantar na véspera do Natal que inclui guisado de frango, sopa de amendoim e pratos feitos com arroz e carne de cabra. Após o jantar, as famílias ganesas vão à igreja e assistem a uma missa na qual as crianças fazem uma encenação da história do Natal. Coros vão de porta em porta no dia do Natal. O Papai Noel leva guloseimas e pequenos presentes, que as crianças recebem após uma missa no meio da manhã.

Natal na Espanha

Na Espanha, a época do Natal começa no dia 8 de dezembro, quando a pureza de Maria é honrada na solenidade da Imaculada Conceição. O mercado natalino entra em funcionamento e vende uma variedade de figurinhas para presépios, árvores de Natal, decorações e enfeites. A decoração nas casas espanholas gira em torno do presépio. A cada ano, as crianças anseiam por colocar novas figurinhas e outros acréscimos no presépio de casa. As árvores de Natal são populares em algumas regiões da Espanha. Balanços começam a aparecer na época do Natal, porque os espanhóis acreditam que se balançar durante o solstício encoraja o sol a se balançar mais alto no céu. Torrones, castanhas assadas e marzipãs são umas das guloseimas favoritas no Natal. Na véspera, as famílias saboreiam peixes, peru assado, carne de porco e vários vinhos. Algumas famílias colocam um abajur aceso na janela e velas em volta do presépio. Muitos espanhóis vão à missa da meia-noite. No dia do Natal, as famílias colocam a figura do Menino Jesus no berço do presépio. Embora algumas famílias troquem presentes nesse dia, a tradição também diz que as crianças devem receber presentes dos Três Reis Magos no dia 6 de janeiro.

Natal na Síria

Na Síria, os cristãos são menos de dez por cento da população. Uma missa especial no dia 6 de dezembro honra São Nicolau Taumaturgo, celebrado por sua generosidade e benevolência. Na véspera do Natal, os membros das famílias seguram velas e ficam em volta de uma fogueira apagada. A fogueira é acesa após a criança mais nova ter lido uma história natalina da Bíblia. As chamas da fogueira predizem o futuro da família para o próximo ano. A família canta até ela se apagar. Cada membro familiar pula sobre as brasas e cinzas três vezes, enquanto fazem pedidos. Os sírios vão a uma missa bem cedo no dia do Natal. Os convidados nas casas saboreiam doces do Oriente Médio, como baklava, burma e mulabas. O jantar de Natal tradicionalmente inclui galinha, laranjas, nozes e doces. O camelo mais jovem, que carregou os três sábios até Belém, leva presentes para as crianças sírias, no dia do Ano Novo. Reza a lenda que Jesus abençoou o camelo com a imortalidade, após ele ter sofrido de exaustão quando carregava um dos sábios.

Natal na Itália

Os italianos enfatizam a observação religiosa e a família, durante a época do Natal. Na Itália, as celebrações pré-natalinas variam de região para região. No dia 6 de dezembro, os italianos da costa adriática celebram o dia de São Nicolau. As crianças recebem guloseimas e são realizadas procissões religiosas. O dia de Santa Lúcia é celebrado em 13 de dezembro. As crianças sicilianas deixam os sapatos do lado de fora nesse dia, para que a santa os encha com guloseimas. Os camponeses visitam as cidades em meados de dezembro, para tocarem gaitas de foles nos mercados, na frente das igrejas e próximo aos presépios. Muitos italianos participam de momentos de prece especiais, durante nove dias consecutivos, entre 16 e 24 de dezembro. As preces terminam com uma missa à meia-noite, na véspera do Natal. As pessoas adoram os presépios, que são colocados em todas as casas, negócios e locais públicos. A refeição da véspera de Natal geralmente inclui frutos do mar, grãos e vegetais. A enguia é um dos pratos principais favoritos. O jantar de Natal varia de acordo com a região. A mesa de sobremesas contém biscoitos de amêndoas, cannoli, frutas cristalizadas e strufoli. As crianças recebem presentes no dia 6 de janeiro, de uma bruxa bondosa, chamada Befana, que voa pela noite em um cabo de vassoura.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível