Como cultivar abóboras japonesas

Escrito por marlene affeld | Traduzido por angela spada
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como cultivar abóboras japonesas
É fácil o cultivo de abóboras, incluindo a abóbora japonesa, e é de fácil crescimento no verão (Jupiterimages/Polka Dot/Getty Images)

A abóbora Kabocha, também conhecida como abóbora japonesa é de cor verde profundo, sua casca é áspera com estrias brancas e sua forma é semelhante à da abóbora tradicional. Na Tailândia, a saborosa abóbora é conhecida como "fak thong". Geralmente, quando madura, atinge um peso de 0,90 a 1,3 kg, mas pode crescer, chegando a pesar até 3,5 kg. A cor de sua polpa é alaranjado profundo, e seu sabor e textura são semelhantes aos da abóbora menina. A abóbora Kabocha encontra-se disponível nos mercados asiáticos e em fornecedores de produtos especializados sob várias denominações: Akazukin, Ebisu, Kurokawa e Miyako.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Composto orgânico
  • Adubo envelhecido
  • Luvas de jardinagem
  • Espátula
  • Ancinho

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Prepare a terra para o plantio. As abóboras japonesas, que fazem parte do gênero Cucurbita, florescem em solo bem drenado e rico em nutrientes. Cubra o espaço da horta, onde fará o plantio, com uma camada de 5 a 7,5 cm de composto orgânico ou adubo vegetal bem envelhecido. Plante-as a uma profundidade de 30 cm, removendo pedras, raízes e ervas daninhas. Revolva a terra para formar séries em relevo, ou montinhos, de 30 a 45 cm de altura. As abóboras-japonesas preferem um solo com pH de 6 a 7,5.

    Como cultivar abóboras japonesas
    As abóboras japonesas são usadas em sopas, manjares e tortas (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)
  2. 2

    Inicie o cultivo das abóboras japonesas em áreas internas, duas a três semanas antes da data prevista para a última geada da estação. Encha um pote com 2,5 cm de turfa e uma camada superior. Coloque uma semente em cada pote, e plante-a a 2,5 cm de profundidade. Regue bem. Coloque o pote em local ensolarado. Mantenha a terra úmida. Em intervalos de alguns dias, vire os potes para evitar que a planta se incline na direção da luz solar.

  3. 3

    Transplante os potes para a área externa, no espaço preparado na horta, duas a três semanas depois da última geada. Plante o pote a 2,5 cm abaixo da superfície do solo. As abóboras japonesas necessitam de um bom espaço. Plante as sementes em montes ou séries em relevo, a espaços de cerca de 1,8 a 2,4 m. Em cada monte coloque as sementes de vários potes, ou plante-os a intervalos de 10 a 15 cm. Quando a planta desenvolver cinco a seis folhas distintas, desbaste as mudas até ficarem a intervalos de 20 a 30 cm. À medida que as plantas crescem, treine as trepadeiras para circundarem o monte ou acompanharem a série em relevo. As trepadeiras alcançam um comprimento de 3,6 a 6 m.

  4. 4

    Regue as plantas regularmente. As abóboras japonesas necessitam de rega de cerca de 2,5 cm de solo por semana. Não deixe as raízes ficarem ressecadas. Mantenha as ervas daninha longe das circunjacências da planta em crescimento. Evite que as abóboras japonesas fiquem muito perto de milho ou de outras variedades de abóboras ou morangas.

Dicas & Advertências

  • As abóboras-japonesas apreciam os dias quentes com temperaturas entre 21 e 26 graus Celsius e temperaturas noturnas de 12 e 15 graus Celsius. São necessários 70 a 120 dias para a abóbora atingir a maturidade.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível