Qual é a diferença entre estruturas matriciais e estruturas divisionais?

Escrito por murad abel, d.b.a. | Traduzido por marcela machado
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Qual é a diferença entre estruturas matriciais e estruturas divisionais?
As estruturas matriciais e divisionais têm suas próprias vantagens e desvantagens de gerenciamento dos funcionários (Ryan McVay/Photodisc/Getty Images)

As estruturas ajudam as pessoas a compreenderem o modo como um negócio é desenvolvido e como deve operar. As estruturas de relatórios de um negócio são afetadas pelas diferenças entre uma estrutura matricial e uma estrutura divisional. As estruturas matriciais são organizadas em produtos e funções, enquanto as estruturas divisionais se concentram em produtos, mercados e localizações geográficas. A estrutura de uma organização causa impactos ao modo como as informações, recursos e operações são conduzidos. Saber as diferenças entre esses dois tipos ajuda uma pessoa a entender como os esforços dos funcionários são gerenciados em uma organização.

Outras pessoas estão lendo

Estrutura matricial

A estrutura matricial agrupa os funcionários em campos de função e produto. Geralmente, se concentra em produtos individuais, linhas de produto ou funções. Por exemplo, o Produto C e o Produto D representam duas estruturas separadas com diferentes cadeias de comando: cada uma delas inclui suporte de vendas, suporte de TI, suporte de atendimento ao cliente e suporte operacional. A estrutura matricial é complexa, mas possibilita uma abordagem concentrada tanto em produtos quanto em funções.

Estrutura divisional

A estrutura divisional é separada por departamentos quase independentes de linhas de produto, mercados ou localizações geográficas. Quanto maior a organização, maior a probabilidade de que a tenha uma estrutura divisional, que é mais simples de gerenciar e oferece linhas de controle mais claras. Uma empresa pode ter divisões separadas para cada produto, para cada área do mercado à qual a empresa vende ou para cada localização geográfica na qual a empresa opera.

Controle em relação à utilização

A estrutura divisional permite um maior controle, já que cada funcionário se reporta somente à estrutura na qual ele está localizado. Um exemplo pode ser um departamento de recursos humanos que trabalha na China e se reporta ao escritório desse país. Em uma estrutura matricial, um funcionário pode se reportar a duas autoridades diferentes, o que permite uma maior utilização, mas uma operação mais complexa -- por exemplo, um funcionário de vendas pode se reportar ao gerente do Produto A e ao gerente de vendas.

Estrutura e tamanho da organização

A estrutura utilizada depende sempre do tamanho da organização. Provavelmente, as empresas multinacionais têm um controle local, que é mais bem realizado por uma abordagem divisional; já uma empresa localizada em uma única área pode trabalhar com uma estrutura matricial. Quanto maiores forem as linhas de comunicação e o local de controle, menor é a probabilidade de utilização da estrutura matricial.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível