Dízimo na igreja católica

Escrito por andrew smith | Traduzido por andrea b. balieiro
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Dízimo na igreja católica
Na Igreja Católica, os dízimos são recolhidos durante as missas que ocorrem nos Dias Santos de Obrigação (tubo com moedas e notas image by Joel Calheiros from Fotolia.com)

Praticamente toda igreja tem algum tipo de coleta durante seu serviço. Isto é conhecido como "dízimo" em igrejas cristãs. Na Igreja Católica, os dízimos são recolhidos durante as missas que ocorrem nos Dias Santos de Obrigação (cada domingo e feriado católico, como Natal e Páscoa). Primeiramente, você pode não ter certeza do destino do dinheiro que as pessoas dão. Se você está participando de um serviço Católico pela primeira vez, é importante saber como e quando pagar o dízimo.

Outras pessoas estão lendo

História

O dízimo é mencionado no primeiro livro da Bíblia, Gênesis. Você vai encontrar a prática do dízimo em todo o resto do Antigo Testamento. A Igreja Católica não iniciou oficialmente até depois da morte de Cristo, no entanto. Portanto, a primeira vez que o dízimo foi mencionado após o surgimento da Igreja Católica, pode ser encontrado no livro do Novo Testamento, em I Coríntios, capítulo 9. Paulo escreveu que "os que servem ao altar participam do altar" e chegou a dizer "que a pregação do evangelho, eu posso entregar o evangelho sem custo, que eu não abuse do meu poder no evangelho". O pensamento é que era o dever e a obrigação da congregação ajudar financeiramente a igreja.

Características

O pagamento do dízimo ocorre em uma missa católica diretamente antes da apresentação dos presentes para a comunhão. Os coroinhas andarão pelo corredor central (e corredores de fora se há pessoas suficientes), carregando cestos. Paroquianos, então, colocam dinheiro ou envelopes na cesta. Aqueles com envelopes são membros particulares daquela Igreja Católica. O montante total de membros que contrubuiram é registrado no final do ano e pode ser reivindicado como redução fiscal para aqueles indivíduos.

Tipos

O pagamento regular de dízimo que ocorre durante toda Santa Missa Católica é usado para ajudar a pagar as despesas básicas da igreja, tais como o sistema de som, ar condicionado e todos os reparos que precisam ser feitos na igreja. Às vezes, as igrejas terão uma coleta especial. Esta é utilizada para financiar eventos ou organizações que não recebem doações de dízimo tradicional. Estes serão sempre anunciados pelo padre antes de começar a coleta.

Benefícios

Como mencionado antes, o dízimo ajuda a Igreja para qual você fez sua doação, e ela é dedutível. Mais importante ainda, os cristãos acreditam que dar o seu dinheiro para a igreja ou outras instituições de caridade é parte de ser um seguidor de Cristo. De certa forma, o dízimo pode ser um benefício para a sua alma, pois ser um verdadeiro cristão é necessário para poder entrar no reino dos Céus.

Equívocos

A maioria das pessoas acredita que a Igreja Católica requer que as pessoas paguem 10% de seus ganhos como dízimo à igreja. Este não é o caso. Enquanto 10% é recomendado, a quantidade menor que isso não é desprezada. O pensamento é que é o dever daqueles que vão à igreja cuidar das necessidades financeiras daquela Igreja em particular. Portanto, os paroquianos devem dizimar o que eles puderem pagar.

Conhecimento especialista

Os visitantes de uma missa católica devem dar dinheiro à coleta, mesmo se eles não são católicos. Pense nisso como depósito após uma refeição. Colocar algumas moedas na cesta já basta e não o prejudicará financeiramente. Ore sobre o dízimo, se você não tem certeza de quanto você deve dar. Muitas pessoas sofrem quando sentem que dão muito, ou muito pouco. Orar sobre este assunto deve dar-lhes algumas dicas sobre o quanto você deve pagar de dízimo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível