Como ensinar alunos com necessidades especiais em uma sala inclusiva

Escrito por toni-marie ramos | Traduzido por rosangela gandini
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como ensinar alunos com necessidades especiais em uma sala inclusiva
A inclusão faz com que todos aprendam a solidariedade (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

Uma sala inclusiva permite que crianças com necessidades especiais aprendam com seus colegas em desenvolvimento, da mesma idade, na mesma classe. Esse modelo está tornando-se mais comum, uma vez que as escolas estão tentando socializar os alunos. Embora uma sala inclusiva requer muitas adaptações para acomodar as necessidades das crianças, bem como uma equipe habilidosa, com o fundamento e o suporte certos, crianças de todo tipo de habilidades podem aprender juntas.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Identifique as habilidades e necessidades de cada criança especial. Inclua todos os indivíduos que são íntimos do aluno na avaliação. Isso pode incluir o terapeuta, ex-professores e pais. Obtendo-se um perfil da criança, pode-se implementar uma técnica de ensino que seja apropriada para as necessidades e o estilo de aprendizagem dela.

    Como ensinar alunos com necessidades especiais em uma sala inclusiva
    Ex-professores, pais e terapeutas podem ajudar na avaliação do aluno especial (Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images)
  2. 2

    Auxilie a desenvolver um Plano Individual Educacional (PIE) para o aluno com necessidades especiais. Como professor, é possível compartilhar os esforços e as dificuldades da criança, não apenas com o conselho escolar, mas também com outro terapeuta. Um PIE detalha as necessidades da criança, determina os objetivos para com ela, identifica os recursos que ajudarão a completar essas metas e especifica as adaptações que devem ser feitas para a criança especial poder se desenvolver na sala de aula.

    Como ensinar alunos com necessidades especiais em uma sala inclusiva
    É importante criar um plano educacional para cada criança com necessidades especiais (Brand X Pictures/Brand X Pictures/Getty Images)
  3. 3

    Construa um time dos sonhos de educadores na sala de aula. Ensinar crianças com necessidades especiais é mais efetivo quando há um professor de educação geral, um de educação especial e assistentes o tempo todo, trabalhando juntos para atingir um objetivo em comum.

    Como ensinar alunos com necessidades especiais em uma sala inclusiva
    Grupos de educadores podem visualizar melhor as necessidades dos alunos (Jupiterimages, Creatas Images/Creatas/Getty Images)
  4. 4

    Estabeleça um relacionamento familiar. Os pais conhecem a criança melhor e podem fornecer informações valiosas sobre ela, bem como ser o apoio educacional fora da sala de aula. Crie um caderno para cada criança como uma forma de comunicação para pais e professores compartilharem reflexões e ideias.

    Como ensinar alunos com necessidades especiais em uma sala inclusiva
    A comunicação com os pais é essencial (Digital Vision./Digital Vision/Getty Images)
  5. 5

    Implemente um ambiente adaptável. Ensinar crianças com necessidades especiais em uma sala inclusiva requer o equipamento necessário, bem como formas adaptáveis de comunicação, de forma que todos possam participar das atividades. Um ambiente adaptável pode incluir carteiras especiais, equipamento sensorial, caixas de voz, equipamentos visuais para ensinar e comunicar-se e tesouras especializadas, só para citar alguns.

    Como ensinar alunos com necessidades especiais em uma sala inclusiva
    O ambiente escolar deve ser adaptado para receber a criança especial (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)
  6. 6

    Crie um senso de comunidade. Designar tarefas para cada aluno e permitir que cada um tenha possa expressar-se durante o momento da roda da conversa são meios de fazer que as crianças com necessidades especiais sintam que fazem parte da comunidade. Isso irá aumentar a auto-estima, uma vez que elas são capazes de participar das mesmas atividades que os colegas tipicamente em desenvolvimento.

    Como ensinar alunos com necessidades especiais em uma sala inclusiva
    A roda da conversa é um momento no qual o aluno incluído sente-se inserido no grupo (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)
  7. 7

    Permita que as terapias sejam feitas na sala de aula. Para as crianças com necessidades especiais que precisam de terapia, ter algumas sessões na sala de aula reforça o conceito de inclusão, uma vez que elas não tem que sair do ambiente no qual estão. Isso também é um ótimo meio para os terapeutas e professores coordenarem esforços para ensinar a criança, permitindo a transferência da terapia para a sala de aula.

    Como ensinar alunos com necessidades especiais em uma sala inclusiva
    Terapias em sala de aula evitam que o aluno saia da classe (Creatas/Creatas/Getty Images)
  8. 8

    Lecione para grupos pequenos. Criar centros com atividades e lições diferentes permite ao aluno com necessidades especiais interagir com seus colegas, bem como chamar a atenção necessária para completar a tarefa.

    Como ensinar alunos com necessidades especiais em uma sala inclusiva
    Através de centros de atividades diferenciados na escola, os alunos interagem com mais naturalidade (Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images)

Dicas & Advertências

  • Crianças que estudam em salas inclusivas aprendem a respeitar o próximo, sem se importar com as diferenças.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível