Fatos sobre a cozinha italiana

Escrito por charlie higgins | Traduzido por maria pereira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Fatos sobre a cozinha italiana
Comida italiana (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

A cozinha italiana é famosa no mundo pela sua riqueza e diversidade. Tipicamente preparada com ingredientes frescos de receitas que atravessam gerações, sua culinária é uma parte importante da herança italiana e um dos principais produtos de exportação do país. Há restaurantes que servem comida italiana pelo mundo todo, e livros de receitas da Itália podem ser encontrados em quase todas as livrarias. Embora muitas pessoas associem essa culinária com pizza e espaguete à bolonhesa, há uma grande diversidade no cardápio.

Outras pessoas estão lendo

História

As origens da comida italiana podem ser rastreadas antes do século 4 a.C. Cereais cozidos, lentilhas, grão de bico, legumes, vinho doce, peixes, frutas e pão são comidas típicas da Roma Antiga. O comércio de especiarias após as Cruzadas teve grande influência na culinária italiana, trazendo melhorias no sabor e na conservação dos alimentos. Durante a Era do Descobrimento, muitas comidas foram incluídas no cardápio, como o tomate do Novo Mundo e o café de origem turca. A culinária italiana continuou se diversificando e expandiu no Renascimento. Durante os séculos XVII, XVIII e XIX, os aristocratas consumiam grandes banquetes nos eventos sociais. A cultura do café se desenvolveu pouco depois. No século XX, ocorreram diversas mudanças na preparação e armazenamento de alimentos.

Fatos sobre a cozinha italiana
Grão-de-bico (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Principais ingredientes

Embora a cozinha italiana varie muito entre as diferentes regiões, há uma série de ingredientes que são considerados essenciais. Azeite de oliva, alho, manjericão, orégano, mussarela, ricota, parmesão, alcaparras, tomate, salsicha e diferentes tipos de massas são ingredientes comuns em pratos tradicionais italianos.

Fatos sobre a cozinha italiana
Alho (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Variações regionais

No norte da Itália, a manteiga é mais usada do que o azeite, assim como o arroz e o milho são mais pedidos do que o macarrão. Carnes de caças, como o coelho ou a codorna, são comuns nessa região. A comida mais conhecida da Itália vem da região central, como a Toscana e Roma. É de lá que vem os queijos mundialmente famosos, o azeite e o molho de tomate. A pizza se originou no sul, que também é conhecida por ter os melhores azeites do mundo. Os chefs cozinham quase exclusivamente com azeite de oliva oriundos de lá.

Fatos sobre a cozinha italiana
Manteiga (BananaStock/BananaStock/Getty Images)

Cardápio

A tradicional refeição começa com vinho e pão acompanhado de azeite ou manteiga. O primeiro prato é macarrão ou risoto. O segundo é algo mais substancial, como peixe ou carne acompanhado com legumes. A salada é servida a fim de saciar e ajudar o processo digestivo. Por fim, a sobremesa é seguida por café ou grappa, uma bebida alcoólica de origem italiana. Ela é tradicionalmente feita a partir de um subproduto do processo de vinificação. Refeições italianas são demoradas e longas, às vezes durando mais que cinco horas.

Fatos sobre a cozinha italiana
Salada (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Influência internacional

A culinária italiana tem sido muito influente no mundo todo, especialmente em lugares onde há um grande número de descendentes italianos. Nos Estados Unidos, por exemplo, uma nova cozinha que mistura pratos americanos e italianos foi criada no final do século XIX pelos imigrantes. A comida argentina também é bastante influenciada pela italiana, resultado de uma maciça imigração durante a Segunda Guerra Mundial.

Fatos sobre a cozinha italiana
Comida italiana (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível