Gengibre e a menopausa

Escrito por erin monahan | Traduzido por veronique richard
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Gengibre pode ser melhor conhecido como o principal ingrediente do padeiro, mas o fato é que ele pode ajudar a aliviar muitos dos efeitos colaterais da menopausa e peri-menopausa, incluindo náuseas e ondas de calor.

Outras pessoas estão lendo

Gengibre como cura

O gengibre tem sido usado há séculos na Ásia como um curativo para tudo, desde uma dor de estômago, enjoo e até alta pressão arterial. É conhecido por propriedades anti-oxidantes que ajudam o corpo, reduzindo o inchaço e ajudando na circulação.

Gengibre e menopausa

Embora não tenham sido realizados estudos científicos, milhares de mulheres ofereceram indícios de que o gengibre em muitas formas diferentes ajuda tanto com as ondas de calor quanto com as náuseas associadas à menopausa. Ele também pode ajudar a baixar a pressão arterial, que também é, por vezes relacionada com a menopausa.

Tipos de gengibre

A raiz do gengibre é a forma mais fresca e picante de gengibre. Ele vai perecer em cerca de uma semana à temperatura ambiente e cerca de um mês na geladeira. O seco dura um pouco mais. O gengibre em pó pode ser encontrado na maioria das seções de especiarias e pode ser adicionado em receitas. O cristalizado é a raiz de gengibre seca, cozidos em um xarope de açúcar e empanado no açúcar. Muitas vezes, é uma ótima opção para aliviar os sintomas da menopausa, porque é fácil de transportar.

Preparação

A raiz de gengibre crua pode ser mergulhada em um chá e bebida durante todo o dia (adicione mel para maiores benefícios) e gengibre em pó pode ser adicionado a qualquer receita cozida, polvilhado na pipoca ou misturado com a manteiga para espalhar na torrada. Até mesmo um copo de cerveja de gengibre pode ajudar a aliviar os sintomas da menopausa.

Avisos

O gengibre pode provocar uma reação alérgica em algumas pessoas e, por causa do seu tempero, também pode causar ondas de calor em algumas mulheres. É melhor começar com uma pequena quantidade -- talvez uma pitada de gengibre em pó em um inhame -- para ver como seu corpo tolera.

Fato engraçado

O rei Henrique VIII acreditava que gengibre poderia curar a praga, o que não é verdade.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível