O que é a inflexão na voz?

Escrito por kristy ambrose | Traduzido por bruno queiroz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que é a inflexão na voz?
As inflexões exageradas são utilizadas em discursos públicos e peças teatrais (Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images)

A maneira como você diz algo é realmente mais importante do que realmente você quer dizer. A estatística verdadeira diz que é cinco vezes mais importante. Isso é o que dá à inflexão uma valor crucial para um discurso eficaz. Ela é o modo como você enfatiza suas palavras. Existem alguns tipos diferentes de inflexão e estes também são influenciados por tendências culturais e os hábitos vocais que determinadas comunidades desenvolvem.

Outras pessoas estão lendo

Tipos de inflexão

Existem quatro tipos principais de inflexão: ascendente, descendente, circunflexa ascendente e circunflexa descendente. As inflexões descendentes são para usadas no final da maioria das sentenças, com um tom de autoridade e imposição. Já as ascendentes expressam dúvidas, sugerem uma ideia inacabada ou pedem um sim ou não como resposta. Os tipos circunflexos de inflexão podem incluir padrões ascendentes e descendentes, e são usados ​​para informar ao ouvinte de que o orador está dando uma pausa, mas ainda não completou a ideia.

Usando as inflexões

O uso das inflexões estende-se mais do que simplesmente identificar perguntas ou pedidos. Exagerar na inflexão ascendente pode te fazer parecer uma pessoa fraca, indecisa ou imatura e também tende a irritar o ouvinte. O uso de uma inflexão descendente é uma forma sutil de pedir por mais informações ou feedback (retorno de informação). As inflexões circunflexas são usados ​​para expressar contrastes ou correções. As exageradas são usadas ​​em palanques e teatros para expressar medo, suspense ou incerteza.

Hábitos vocais

Os hábitos vocais são tendências ou estilos que aparecem em uma comunidade linguística de vez em quando. Um exemplo recente é o aumento do uso de inflexões ascendentes ao fazer afirmações ou sugestões. Um exemplo são as gírias usadas por adolescentes, como a explosão do "tipo assim" em inflexões descendentes. Esses tipos de mudanças também podem refletir em alterações dos níveis de etiqueta social e nas relações pessoais.

Inflexões e a gramática

As inflexões podem também afetar a sintaxe e a semântica. As letras a mais que adicionamos a verbos, substantivos e adjetivos, dependendo de suas diferentes funções gramaticais também são inflexões. Substantivos no plural, adjetivos no superlativo e diferentes conjugações dos verbos, são exemplos de inflexão gramatical. Estas classe são geralmente reguladas pela linguagem escrita, mas são igualmente importantes para a linguagem oral.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível