Mais
×

Como usar mais o lado esquerdo do seu cérebro

Atualizado em 17 abril, 2017

Enquanto o hemisfério esquerdo do cérebro é voltado principalmente para detalhes, ordem, padrões, estratégia, pragmatismo, lógica, análise e assuntos acadêmicos, o hemisfério direito é responsável pela percepção visual-espacial, arte, criatividade, emoções, sensualidade, intuição, símbolos, fantasia, filosofia, risco, e religião. Qualquer momento em que as pessoas sejam capazes de envolver ambas as regiões do cérebro em suas atividades, torna as experiências mais atraentes e memoráveis. Para as pessoas com inclinações mais imaginativas, utilizar ativamente o lado esquerdo do cérebro com mais frequência pode ser valioso.

Instruções

O lado esquerdo é movido pela lógica e o lado direito é impulsionado pela intuição (BananaStock/BananaStock/Getty Images)
  1. Domine seu capricho. Confie menos no mero desejo e na intuição e mais em fatos, detalhes e lógica na tomada de decisões, sejam elas grandes ou pequenas. Pratique em perceber não só como um determinado caminho é atraente, mas também os muitos resultados e alternativas possíveis para opções que você esteja considerando ou problemas que esteja avaliando.

  2. Pense antes de falar. Crie o hábito de usar o silêncio da conversação para ponderar suas palavras com cuidado, em vez de responder imediatamente e abruptamente quando outra pessoa parar de falar.

  3. Force-se a ler as instruções, em vez de mergulhar de cabeça em uma tarefa ou ou montar um projeto ou produto e ir descobrindo tudo enquanto realiza a atividade.

  4. Faça planos e cumpra-os. Pense no longo prazo e trace um plano de cinco ou dez anos para a sua vida. Para o curto prazo, faça programações semanais e faça listas diárias de coisas a fazer para se manter organizado e se sentir mais responsável por seus objetivos.

  5. Passe algum tempo participando de atividades complexas ou hobbies que requerem lógica intensa e estratégia, como jogar xadrez ou resolver quebra-cabeças.

  6. Dedique mais tempo à leitura de livros difíceis e publicações que fazem uso de expressões sofisticadas e vocabulário complexo. Concentre-se mais nos detalhes enquanto lê. Não basta ler as palavras de um poema ou das páginas de um livro – mergulhe fundo no texto. Pense sobre o porquê de um escritor escolher uma palavra em vez de outra, ou incluir descrições específicas.

  7. Amplie suas habilidades de comunicação escrita. Indivíduos que utilizam mais o lado direito do cérebro tendem a ter mais dificuldade ao se expressar em palavras do que quem usa mais o lado esquerdo do cérebro, por isso dê às tarefas de escrita o tempo extra que exigem. Considere a ideia de escrever um diário para praticar a escrita de forma eficaz e com regularidade. Force-se a rever a ortografia e a correção gramatical, seja escrevendo para si mesmo ou para outros.

  8. Pare de fugir dos números e aceite-os. Faça sua própria declaração de imposto, gerencie suas próprias contas, desenvolva o seu próprio orçamento, calcule sua própria parte na conta e calcule seu próprio troco. Tente a matemática mental em primeiro lugar antes de utilizar uma calculadora. Se você realmente deseja usar mais o lado esquerdo do seu cérebro, considere a ideia de fazer um curso de álgebra como uma reciclagem. Devido ao fato da álgebra envolver símbolos que lembram a escrita gramatical, praticar e fazer uso desse ramo da matemática envolve o lado esquerdo do cérebro mais do que outros campos da matemática.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article