Como perder até 3 quilos e 12 centímetros de sua cintura em duas semanas

Escrito por cicely a. richard | Traduzido por marlon campos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como perder até 3 quilos e 12 centímetros de sua cintura em duas semanas
Dançar ajuda a queimar calorias e construir músculos abdominais (young girl dance exercises image by david hughes from Fotolia.com)

Reduzir a sua cintura e perder peso rapidamente requer muito trabalho e dedicação. Você perde peso naturalmente ao reduzir as medidas de sua cintura, aumentando a sua saúde de maneira geral. De acordo com o site Harvard Health Publications, uma cintura pequena exerce menos pressão sobre o coração e os órgãos internos e reduz suas chances de desenvolver pressão alta e diabetes. Com uma dieta limpa e uma rotina intensa de exercícios físicos, você pode perder até três quilos e doze centímetros de cintura em cerca de duas semanas.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Participe de um treinamento "Boot Camp" - um treino intenso que mistura aeróbica e exercícios de musculação. O Boot Camp conta com uma série de atividades variadas, podendo incluir exercícios de estilo militar como corrida, curso de obstáculos, barra e flexões. Ele também pode oferecer kickboxing, aeróbica, Pilates, ginástica laboral e levantamento de peso. As aulas duram entre 60 e 90 minutos e você queimar até 600 calorias por hora.

  2. 2

    Utilize uma máquina elíptica. As máquinas elípticas trabalham tanto a parte superior quanto a inferior do corpo simultaneamente, ao contrário de esteiras, que só trabalham as pernas. É importante ainda manter seu abdômen contraído para que o treinamento seja eficaz. Além disso, ao colocar a máquina no sentido inverso, você trabalha vários grupos musculares. Dessa maneira, é interessante alternar exercícios na máquina elíptica com o Boot Camp e exercícios aeróbicos para "enganar" os músculos, obtendo assim melhores resultados.

  3. 3

    Treine os músculos do núcleo de seu corpo duas ou três vezes por semana. Estão incluídos nessa categoria os músculos abdominais, costas, quadris e da pélvis, os quais proporcionam estabilidade e ajudam em suas atividades diárias e práticas esportivas. Embora academias locais normalmente possuam máquinas que trabalham esses músculos, você também pode trabalhá-los em casa, sem equipamentos caros. São necessários centenas de abdominais para fortalecer esses músculos essenciais, pois eles só trabalham a parte frontal do abdômen. Dessa forma, recomenda-se praticar exercícios mais completos, como Pilates ou exercícios abdominais com bola suíça, uma vez que essas atividades isolam os músculos sob a camada superior da região abdominal.

  4. 4

    Levante e dance. Dançar é uma forma divertida de queimar 200 ou mais calorias a cada meia hora, ajudando você a perder o excesso de peso. Os movimentos com o quadril ajudam a construir músculos abdominais. Dançar também reduz a pressão arterial, diminui a perda óssea e mantém o coração em um ritmo saudável. Além disso, você pode aumentar seu círculo de amigos ao participar de aulas de dança. Dançar em casa também é uma opção: você pode ligar o rádio e dançar em sua sala de estar ou comprar DVDs de dança.

  5. 5

    Cuide de sua dieta. Concentre-se em alimentos ricos em vitaminas e minerais e com baixo teor de gordura. Evite lanches sem qualidade e alimentos processados ​​com muito sódio. Escolha frutas e vegetais de todas as cores, incluindo morangos, cerejas, amoras, maçãs, bananas, folhas verdes e tomates vermelhos. Substitua a farinha branca refinada por grãos integrais. Coma carnes magras, como peixe e peito de frango. Beba água em vez de refrigerantes açucarados. Se você é viciado em doces, satisfaça o desejo com quantidades pequenas. Compartilhar a sobremesa também ajuda a evitar excessos.

Dicas & Advertências

  • Mude seu treinamento toda semana para não estagnar sua perda de peso.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível