Quais são os perigos dos suplementos de ferro em comprimidos?

Escrito por deborah dera | Traduzido por ana rodrigues
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais são os perigos dos suplementos de ferro em comprimidos?
Nunca comece a ingerir suplementos de ferro sem consultar o seu médico antes (Thinkstock/Comstock/Getty Images)

O ferro é um mineral essencial que tem um impacto significativo sobre a forma como o corpo funciona. Enquanto as deficiências de ferro podem levar a um certo número de desordens, incluindo anemia e fadiga, o excesso também pode ser extremamente perigoso.

Nunca comece a tomar suplementos de ferro, por qualquer motivo, sem primeiro consultar o seu médico. Ele determinará qual dosagem é melhor para o seu tipo de corpo e, consequentemente, irá ajudá-lo a evitar os efeitos colaterais negativos do ferro.

Outras pessoas estão lendo

Dificuldades gastrointestinais

Alguns dos efeitos colaterais mais comuns da suplementação de ferro estão relacionados a sintomas gastrointestinais. Se você tomar esses suplementos regularmente, poderá sentir náuseas, prisão de ventre e dor de estômago. Em casos mais graves, também poderão ocorrer vômitos e diarreia ou poderá achar que sua pele vem escurecendo. A maioria das pessoas experimenta esses sintomas durante os primeiros dias da suplementação, mas depois eles vão embora. Consulte um médico imediatamente se os sintomas se agravarem ou persistirem.

Coloração dental

Se você toma seu suplemento de ferro na forma líquida, pode achar que seus dentes estão ficando manchados. É melhor tomá-lo dessa forma depois de misturá-lo com algum outro líquido, como água ou suco de frutas. Felizmente, as manchas nos dentes, causadas pelo ferro, geralmente podem ser facilmente removidas. Basta escová-los com um peróxido de grau médico ou com um creme dental feito com bicarbonato de sódio.

Hemocromatose

A hemocromatose é uma doença comum causada pela sobrecarga de ferro. Isso ocorre quando o corpo tenta armazenar o excesso de ferro em alguns órgãos. O corpo geralmente armazena cerca de 10% do que uma pessoa ingere, mas os indivíduos com hemocromatose armazenam até 30% ou mais. Se você desenvolver a doença e não tratá-la, poderá ocorrer insuficiência hepática em seu pâncreas, fígado ou coração.

Envenenamento por ferro

O envenenamento por ferro é comum entre crianças que foram expostas a ele por suas mães grávidas, bem como entre aquelas que tomaram doses adultas dessa substância. Mesmo uma dose relativamente pequena de ferro (250 mg) para um adulto, pode ser tóxica para uma criança. Esse tipo de envenenamento em crianças pode ser mortal.

Doença inflamatória intestinal

A suplementação de ferro excessiva tem sido associada a casos de doenças inflamatórias intestinais. Os indivíduos com doenças tais como colite ulcerosa ou doença de Crohn, apresentaram níveis elevados de ferro nas áreas dos intestinos que estavam inflamadas.

Câncer

Embora não seja totalmente claro, existem estudos que associam níveis elevados de ferro a certos tipos de câncer. Isso ocorre porque o ferro tem uma interação negativa com os radicais livres, agindo como um pró-oxidante (em oposição a um anti-oxidante), estimulando a atividade e o desenvolvimento desses radicais.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível