Quatro estilos de pintura de parede romana

Escrito por catalina bixler | Traduzido por handrei peterson
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quatro estilos de pintura de parede romana
Pinturas de parede da Roma antiga abriram cortes e salas escuras com cor (Arbeia Arch image by helenjayne from Fotolia.com)

Arqueólogo alemão August Mau, que trabalhou de 1860 até os próximos 25 anos escavando as ruínas soterradas de Roma na colonizada cidade de Pompéia, é creditado com a nomenclatura das classificações dos quatro estilos de pintura de parede romana. Esses estilos revelam as normas sociais romanas e mostram o impulso psicológico para fazer das salas centrais romanas ,sem janelas e escuras. uma arte realista. Entender os quatro estilos fornece oportunidade para apreciar ambas arte e vida da roma antiga.

Outras pessoas estão lendo

Incrustação

No início do segundo século A.C., as ambições sociais da classe média romana influenciaram o desenvolvimento do estilo de incrustação de pintura de parede. Abraçando o grego helenístico (quarto primeiro século A.C.) dos interiores marmóreos do palácio, os romanos desenvolveram o estilo de incrustação de pintura de parede, em que a cor aplicada sobre a superfície original criavam mármore falso ou acabamentos de carvalho.

Quatro estilos de pintura de parede romana
Mármore ou carvalho, falso ou artifícial, exemplifica o estilo incrustação (Laque image by Arraial from Fotolia.com)

Estilo arquitetônico

Desenvolvido no início do primeiro século A.C., a técnica de pintura de parede arquitetônica dá a ilusão de objetos tridimensionais em uma área plana bidimensional. Usando gesso molhado e seco, chamada pintura a fresco, esse estilo consiste em pintar realistas perspectivas de ilusões de janelas abertas com vista do mundo exterior. Artistas muitas vezes separavam cenas pintando colunas tridimensionais entre elas. A aparência reluzente das colunas resultavam da mistura de ambos pó de mármore e alabastro na pintura a fresco.

Quatro estilos de pintura de parede romana
Pintura de parede estilo arquitetônico fornece perspectiva realista (Paintings on the wall of King Herod's palace . Ruins image by L. Shat from Fotolia.com)

Estilo ornamental

Datado de 14 A.C. até 62 D.C., artistas de pintura de parede romanos deixaram o trabalho tridimensional para o plano bidimensional ornamentado, estilo que faz lembrar as origens egípcias. Pintando ilusões de arte moldada em conjuntos temáticos de três retratado em uma pintura central de grande fronteira de cada lado por uma imagem menor, o estilo romano de pintura de parede ornamentado mostra elementos arquitetônicos diminuindo e sendo substituídos por cenas mitológicas centrais.

Estilo intrincado

No começo de 69 A.C., Pompéia introduziu pintura de paredes em um estilo complexo. Esse estilo de pintura continuou além da destruição da cidade em 79 A.C. até o segundo século D.C. se espalhando através do mundo romano. Incluindo elementos dos três primeiros estilos, o estilo intrincado faz objetos em pinturas de parede chamado de "trompe-l'oeil" parecerem quase fotografias em detalhes. Imitando uma galeria de exposições de arte, as pinturas de estilo intrincado preencheram de outra forma as paredes planas pintadas romanas .

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível