Sobre a couve-flor

Escrito por darlene zagata | Traduzido por marcelo couto
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sobre a couve-flor
Couve-flor (Martin Poole/Digital Vision/Getty Images)

A maioria das pessoas está familiarizada com a couve-flor como um daqueles vegetais que a mamãe sempre tentou obrigá-las a comer. Mas provavelmente há algumas coisas que você não sabe sobre esse vegetal. A couve-flor pode ser usada em várias refeições deliciosas. A propósito, sua mãe estava certa: ela faz bem para você, pois é repleta de vitaminas e minerais necessários ao corpo, sendo um alimento saudável e nutritivo.

Outras pessoas estão lendo

História

Acredita-se que a couve-flor é originária da Ásia menor, como uma forma selvagem de repolho. Ela se tornou popular na França no século XVI e, logo depois, foi cultivada no norte da Europa. Esse vegetal nutritivo eventualmente se espalhou para outros países e, desde então, se tornou um alimento básico em regiões como Estados Unidos, França, China, entre outros países.

Características

A couve-flor é uma planta anual que se reproduz através de sementes. Ela pertence à família dos vegetais crucíferos, mesma família de plantas como brócolis, repolho e couve. Ela é uma flor que cresce a partir da planta, indicando de onde veio seu nome. Esse vegetal cresce em climas amenos e é produzido principalmente em São Paulo, Minas Gerais e Paraná, e poder ser encontrado durante todo o ano.

Tipos

O principal tipo de couve-flor é a variedade puramente branca. A couve-flor verde é um híbrido chamado de "brocoflor", que se parece com a branca mas apresenta cor verde. A romanesco é uma variedade amarelo-esverdeada com sabor mais neutro do que o tipo branco tradicional. Já a couve-flor violeta se parece com a branca, mas seu gosto é mais similar ao brócolis. Sua aparência pode ser bem surpreendente e acrescenta um apelo visual nas refeições. A couve-flor bebê é idêntica à variedade branca, porém menor.

Nutrição

A couve-flor é uma fonte saudável de vitaminas e minerais. Ela possui pouca gordura e é rica em fibras, proteínas, potássio e vitamina C, além de conter cálcio, ferro e ser uma excelente fonte de fósforo e magnésio. A couve-flor possui baixo índice glicêmico, o que significa que libera glicose lentamente, tornando-a um ótimo alimento para diabéticos e pessoas que estão tentando perder peso. No geral, esse é um alimento saudável e nutritivo.

Preparo

A couve-flor pode ser consumida crua ou cozida. Embora muitas pessoas escolham cozinhá-la, ela é mais nutritiva se comida crua, uma vez que muitas vitaminas e minerais podem ser perdidos durante o processo de cozimento. A couve-flor também pode ser frita, cozida na água ou no vapor, pois existem várias maneiras de prepará-la. Sirva-a como acompanhamento coberta com queijo, em saladas ou massas, ou em sopas e ensopados.

Cultivo

Para aqueles interessados no cultivo da couve-flor, é melhor começar com transplantes de duas a três semanas antes da última estação fria. A couve-flor se desenvolve melhor em condições amenas, de modo que o calor ou frio extremos devem ser evitados. Além disso, o melhor são regiões amenas e úmidas. Ela pode crescer em inúmeros tipos de solo, mas se sai melhor em solos ricos e bem drenados. Além disso, elas devem ser plantadas com aproximadamente 45 cm a 60 cm de distância entre cada uma.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível