Como tocar a Marcha Turca de Mozart no piano

Escrito por contributing writer | Traduzido por henry alfred bugalho
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como tocar a Marcha Turca de Mozart no piano
A Marcha Turca foi composta por Wolfgang Amadeus Mozart (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

A Marcha Turca (ou, mais corretamente, o Rondó Turco), composta por Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791), é, na verdade, o terceiro movimento de sua Sonata para Piano n. 11 em Lá Maior, K. 331. Esta obra é muito popular e muitas pessoas querem aprender a tocá-la depois de ouvi-la pela primeira vez. No entanto, saiba que esta é uma obra difícil de ser tocada com precisão, no tempo, e não é apropridada para iniciantes no piano. Leva em torno de quatro anos de prática constante para ser capaz de tocar uma peça como esta.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Partitura da Marcha Turca
  • Piano
  • Metrônomo

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Leia a música lentamente. Pouquíssimas pessoas possuem a habilidade ou o talento para se sentarem no piano e tocarem imediatamente uma peça deste calibre no tempo correto. Ler a peça lentamente o ajudará a ver como ela é construída e lhe mostrará quais aspectos dela que você precisa praticar.

  2. 2

    Quebre a música em partes. Tocar a peça do começo ao fim, repetidamente, não fará necessariamente que ela seja mais bem tocada. Comece tocando-a na primeira frase da música. Toque uma vez, então, repita-a por cinquenta vezes. Pode não ser divertido, mas é isto que é necessário para aprender uma obra. Se houver apenas alguns compassos que estiverem lhe causando dificuldades, toque-os até que você não possa mais tocá-los incorretamente.

  3. 3

    Toque toda a obra em tempo lento. Você não conseguirá tocar todas as notas sob seus dedos se começar a tocar a obra do modo mais rápido possível. Ajuste seu metrônomo para uma velocidade lenta e determine o dedilhado que funciona melhor para você. Assim que puder tocar uma seção perfeitamente em velocidade lenta, então, você pode subir o metrônomo uma velocidade. Repita este processo até que você atinja o tempo marcado por Mozart na obra.

  4. 4

    Assim que você conseguir tocar todas as notas relativamente bem, concentre-se nas dinâmicas e articulações. Perceba cada marcação staccato (destacado) e legato (suave). Tente refinar e polir sua apresentação tanto quanto possível.

  5. 5

    Como na maioria das peças que você tocar, particularmente neste nível, haverá trechos que se mostrarão difíceis. Às vezes, contudo, o que parecerá ser difícil no começo se tornará muito mais fácil com a prática. Trabalhe sobre estes problemas. A repetição é muito importante para retirar as arestas de sua apresentação e atingir a precisão.

Dicas & Advertências

  • Escute uma gravação profissional para saber como a obra deve soar.
  • Tenha paciência. Aprender música pode ser difícil.
  • Divirta-se.
  • Se você for um iniciante no piano, é quase certeza que você quererá deixar a obra de lado até que suas habilidades sejam mais avançadas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível