Transtorno de insuficiência de convergência

Escrito por mike parker | Traduzido por samuel silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Transtorno de insuficiência de convergência
A insuficiência de convergência é uma condição de visão que impede uma pessoa de alinhar corretamente seus olhos focando em objetos conforme eles se aproximam (Photo courtesy Stock.Xchng)

A insuficiência de convergência é uma condição de visão que impede uma pessoa de alinhar corretamente seus olhos focando em objetos conforme eles se aproximam. Os sintomas dessa doença podem variar de levemente incômodas até gravemente problemáticas. Ao mesmo tempo, pensava-se que o transtorno de insuficiência de convergência era um problema psicológico e agora foi determinado que é, na verdade, uma legítima disfunção médica binocular.

Outras pessoas estão lendo

História

O transtorno da insuficiência de convergência foi frequentemente negligenciado no passado, em parte, porque o exame para essa doença não fazia parte da infância e de exames básicos de prevenção ocular, mas pesquisas recentes têm uma nova luz sobre a doença, resultando em um aumento de consciência pública.

Diagnóstico

Uma pessoa pode ter visão 20/20 e ainda sofrer de transtorno de insuficiência de convergência. A melhor maneira de verificá-lo é através de um exame oftalmológico completo por um optometrista que seja treinado para testar a visão binocular, através da utilização de testes de convergência e acomodação.

Sintomas

O transtorno de insuficiência de convergência pode resultar em fadiga ocular, dores de cabeça, visão turva ou dupla, perda de atenção, uma sensação de vertigem e outros problemas. Muitas vezes as pessoas que sofrem desse distúrbio fecharão um olho durante a leitura. Os sintomas podem ser agravados pela leitura prolongada ou excesso de trabalho.

Pacientes

A condição é rara em crianças com menos de 10 anos de idade, mas com o aumento das exigências de leitura e outros trabalhos associados à escola, tem havido uma tendência de jovens serem diagnosticados com essa condição.

Tratamento

Existem dois tipos básicos de tratamentos para esta condição, ativo e passivo. O tratamento ativo geralmente é realizado em consultório médico com exercícios domiciliares previstos no apoio a esse tratamento e é considerado o mais eficaz. O tratamento passivo pode incluir a utilização de óculos prismáticos e, embora tenha demonstrado ser eficaz no alívio de alguns dos sintomas da doença, não é uma cura. A cirurgia é também uma alternativa, mas não é recomendada pelo National Eye Institute, nos EUA, (Instituto Nacional do Olho, em português), a menos que todas as outras opções de tratamento tenham falhado.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível