Tratamento para insetos de limoeiros

Escrito por julie tridle | Traduzido por ludmyla dias
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tratamento para insetos de limoeiros
Tratando pestes dos limoeiros (Jupiterimages/liquidlibrary/Getty Images)

Os limoeiros atraem uma variedade de pragas, incluindo larvas de mariposa, moscas brancas, vespas, pulgões, lagartas, cochonilhas e vários outros insetos. Para controlá-los e evitar que danifiquem suas árvores, é necessário identificar as pragas e lidar com elas. Algumas podem ser bem controladas com inseticidas, enquanto outras são resistentes e necessitam de outros tipos de ações. Métodos de controle de pragas incluem pesticidas, óleo branco, remoção física e controle biológico.

Outras pessoas estão lendo

Identificando as pestes

Infestações de insetos muitas vezes se assemelham a doenças, deixando indícios nas folhas, caules, troncos e frutas. Folhas distorcidas, por exemplo, podem ser um sinal de várias pragas. Se as folhas estão enroladas e com coloração cinza-prateada, isso pode ser um sinal de tripes citrus, pequenos insetos com asas, amarelo alaranjado que também causam a formação de crostas a descoloração da fruta.

Folhas onduladas combinada com uma substância mofada e pegajosa são um sinal de mosca branca. Estes insetos depositam seus ovos na face inferior das folhas do limoeiro e se alimentam da seiva da árvore. Infestações severas podem impactar negativamente a produção de frutos.

Se as folhas estão trançadas com marcas de franzidos, pode ser um sinal de pulgões. Esses pequenos insetos herbívoros, também conhecidos como piolhos de planta, podem ser altamente nocivos para as árvores se não forem controlados.

As larvas de mariposa são outra praga comum em limoeiros. Elas vivem dentro de folhas jovens, distorcendo a forma e deixando trilhas prateadas na superfície. Estas pragas podem ser particularmente difíceis de se livrar se a infestação crescer muito; a detecção precoce é fundamental.

Se você encontrar folhas parcialmente comidas, pode ser um sinal de lagartas. A menos que você tenha uma grande infestação, no entanto, elas geralmente não prejudicam os limoeiros.

Caroços nas hastes e ramos de um pé de limão são um sinal de uma infestação de vespas. Elas depositam seus ovos dentro de galhos de árvores e podem fazer com que os limoeiros se tornem improdutivos.

Cochonilhas, outra praga comum dos limoeiros, alimentam-se da seiva da árvore. Elas se fixam aos galhos de árvores e troncos e se parecem com cera ou crostas duras na superfície da planta.

Controle das pestes

Tripes Citrus pode ser controlado com insecticidas, mas isto só é recomendado nos casos mais graves, para evitar a resistência ao insecticida. O uso de pesticidas para qualquer praga também pode eliminar insetos benéficos, como os predadores naturais. Métodos de controle biológico da tripes citrus recomendados pelo Programa de Controle de Pragas da Universidade da Califórnia incluem a introdução de predadores naturais, como aranhas, crisopídeos e ácaros tularensis Euseius.

Pesticidas também podem ajudar a controlar a infestação de pulgões, mas devem ser utilizados apenas como um último recurso. Em vez disso, tente retirar os pulgões com uma mangueira de jardim, sempre que possível.

Embora as cochonilhas tendam a ser resistentes aos pesticidas, o óleo diesel ou óleo branco muitas vezes são eficazes.

Moscas brancas, larvas e vespas não podem ser controladas com inseticidas. A introdução de crisopídeos e percevejos muitas vezes funcionam.

Combata as larvas de mariposa e vespas aparando as áreas afetadas e destruindo essas partes. Para conter vespas adultas, tente pendurar papel pegajoso para vespa nas árvores.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível