Como tratar a Mycoplasma galliseptum em galinhas

Escrito por melissa sandoval Google | Traduzido por andressa gonzalez
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como tratar a Mycoplasma galliseptum em galinhas
Mesmo que uma ave infectada não apresente sintomas, a infecção pode causar uma diminuição na produção de ovos (John Foxx/Stockbyte/Getty Images)

A Mycoplasma galliseptum (ou gallisepticum) (MG) é uma infecção bacteriana que ocorre em galinhas, perus e outras aves. Ela pode não ter sintomas, mas os sinais mais comuns nas galinhas são tosse, secreção respiratória, falta de apetite, peito inchado, crescimento lento e problemas nas pernas. Mesmo que uma ave infectada não apresente sintomas, a infecção pode causar uma diminuição na produção de ovos. Um veterinário poderá diagnosticar a Mycoplasma galliseptum, e há medicamentos disponíveis para o tratamento desta doença.

Nível de dificuldade:
Desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Desinfetante
  • Antibióticos
  • Área de quarentena

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Contate um veterinário para obter um diagnóstico.

  2. 2

    Coloque as aves infectadas em quarentena para evitar a infecção de outras aves.

  3. 3

    Limpe os alojamentos das aves infectadas depois de removê-las. Jogue fora o lixo, e desinfete todas as superfícies. Empilhe e armazene o lixo por três semanas antes de descartá-lo. Certifique-se de eliminá-lo de forma segura para que ele não contamine outras fazendas.

  4. 4

    Trate as aves infectadas com antibióticos, como a espiramicina, a tilosina, a tetraciclina, a tilmicosina, ou a fluoroquinolona.

  5. 5

    Vacine as aves infectadas com a vacina inativada, para reduzir os sintomas, e as aves saudáveis ​​com a vacina atenuada para prevenir a infecção.

  6. 6

    Trate quaisquer outras infecções que as aves possam ter.

  7. 7

    Reduza a poeira no ambiente das aves.

Dicas & Advertências

  • Converse com seu veterinário sobre a melhor estratégia para prevenir a Mycoplasma galliseptum em suas aves.
  • A infecção pode espalhar-se pelo ar e afetar outras aves, por isso a distância entre elas é uma grande arma contra a propagação da doença.
  • Você pode monitorar suas aves, verificando o sérum dos ovos a cada três semanas. Essa é uma boa ideia em regiões de alto risco.
  • Os seres humanos podem carregar a Mycoplasma galliseptum em seu cabelo e em seus narizes vários dias após entrar em contato com aves infectadas. Tome um banho depois de ficar em torno delas e não manuseie aves saudáveis logo após manusear as aves infectadas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível