Como treinar um cavalo de corrida

Escrito por gayle baillargeon | Traduzido por andré prata
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como treinar um cavalo de corrida
Cavalos de corrida trotadores requerem treinamento intensivo (BananaStock/BananaStock/Getty Images)

O barulho de cascos é característico de cavalos de corrida que se emparelham na reta final e se aproximam da linha de chegada. Momentos depois, o vencedor empina e bufa ao ser conduzido ao círculo do vencedor. O resto do campo se retira em direção aos celeiros. Menos de dois minutos determinam se meses de fortalecimento muscular na pista de treinamento da fazenda levaram um cavalo de corrida à condição máxima, tanto da massa óssea como da força muscular. Essa corrida está finalizada, mas o treinamento continua dia após dia, para que cada trotador esteja preparado para a próxima corrida.

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Pista de treinamento
  • Carrinho de treinamento
  • Arreio
  • Cronômetro
  • Manta de cavalos

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Corra com o cavalo aproximadamente de 5 km a 8 km todos os dias, para construir uma boa base para o trabalho mais rápido. Com o cavalo atrelado a um carrinho de treinamento de eixo longo, faça-o correr a uma velocidade confortável e relaxada, o que criará resistência. Aumente a distância assim que a condição do cavalo melhorar. Ocasionalmente alterne a direção que ele estiver correndo para manter a força muscular equilibrada.

  2. 2

    Passe para um treinamento mais rápido uma vez que o cavalo tenha aumentado sua resistência e esteja correndo vários quilômetros com pouco esforço. Os primeiros quilômetros de treinamento devem ser apenas um pouco mais rápidos do que uma boa corrida tradicional. Um tempo de 2 horas e 10 minutos é razoável, mas quilômetros iniciais mais lentos não são incomuns. O quilômetro de treinamento é sempre feito da forma que a corrida seja realizada em sentido anti-horário. Corra com o cavalo duas ou três voltas antes e depois de cada sessão de treinamento para ele se aquecer e se esfriar. Separe dias de treinamento com dois ou três dias de corrida para descansar o cavalo e continuar a criar resistência.

  3. 3

    Aumente a velocidade e a intensidade do quilômetro de treinamento. Monitore a velocidade do quilômetro com um cronômetro. O cavalo deve ser capaz de correr a uma velocidade listada para a pista. Este tempo precisa ser atingido em uma corrida de qualificação antes de o cavalo ser autorizado a competir. Quilômetros de treinamento sobre a pista caseira devem ser temporizados para igualar ou ultrapassar os tempos de qualificação.

  4. 4

    Leve o cavalo para a pista para refinar seu desempenho e melhorar o seu tempo. A superfície da pista de corrida é muitas vezes melhor do que a superfície de uma pista de treinamento de fazenda e a companhia de outros cavalos incentivará um cavalo a melhorar sua velocidade. Corridas de treinamento de improviso acrescentarão intensidade ao treino que não pode ser repetido sozinho em uma estrada de terra batida.

  5. 5

    Banhe o cavalo depois de cada treino, cubra-o com uma manta e leve-o até que ele pare de suar. Permita apenas alguns goles de água enquanto ele estiver quente. Molhe suas pernas com uma mangueira usando água fria para reduzir o calor dos tendões tensos. Esfregue suas pernas com linimento e coloque ataduras com envoltórios de algodão.

  6. 6

    Continue o ciclo de corrida e o treinamento dias depois que o cavalo começar a participar das corridas. Ao organizar a agenda, trate o dia da corrida como um dia de treinamento. O dia depois de uma corrida é o dia de folga dele. Solte o cavalo em um cercado por algumas horas ou leve-o à mão e deixe-o pastar.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível