Como fazer trilhas sonoras para acompanhamento

Escrito por michaelj | Traduzido por rafael zeringota
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer trilhas sonoras para acompanhamento
A trilha de acompanhamento apropriada pode fazer da música mais apelativa (piano image by Sergey Goruppa from Fotolia.com)

Gravar trilhas de acompanhamento é uma parte necessária para a carreira de um músico profissional. Muitas vezes, as trilhas são uma alternativa ao treinamento de uma banda, que consome tempo e custa dinheiro. É possível produzir trilhas instrumentais para performances ao vivo ou para praticar antes de gravar uma música. Existem três modos de fazer trilhas de acompanhamento: com o uso de software sequenciador; um metrônomo eletrônico ou um aparelho de gravação com microfone. O software sequenciador consome menos tempo e é flexível, porque ajustes podem ser feitos na trilha gravada. O método manual muitas vezes é menos caro e leva muito tempo para gravar e reparar erros na trilha.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Metrônomo
  • Sistema de PA
  • Software sequenciador

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Use o metrônomo para controlar o tempo, o ritmo e a batida da trilha. Ajuste o metrônomo para menos batidas por minuto, para detectar erros na trilha de acompanhamento. Iniciantes em música também se beneficiam de tempos mais lentos, porque são mais fáceis para memorizar e criar padrões de ritmo precisos. Conecte o metrônomo no sistema de PA, que inclui fones de ouvido para todos os músicos, para ouvir a trilha como guia para o acompanhamento.

  2. 2

    Escolha os instrumentos a serem usados. Leve em conta a ordem de gravação mais lógica para cada instrumento. Determine o melhor padrão de tempo para os instrumentos com o metrônomo. Piano, baixo e bateria é a instrumentação de trio mais usada e oferecem o ritmo exigido para a trilha.

  3. 3

    Crie uma trilha de acompanhamento com o software. Considere investir em um sequenciador, como o CakeWalk Home Studio, CakeWalk Sonar Producer ou o CakeWalk Sonar Studio. Cada instrumento é gravado em sua própria faixa. Enquanto partes adicionais são gravadas, o software monitora as trilhas gravadas anteriormente a medida em que as novas são adicionadas. Esse processo continua até que a trilha seja finalizada.

  4. 4

    No computador, clique e abra o software sequenciador. Selecione "Track 1" e escolha um dos instrumentos que serão utilizados. Escolha um canal para esse instrumento indicando "1". Selecione uma configuração de tempo para o instrumento, como "38". Coloque um volume escolhendo de 0 a 127, sendo 0 o mínimo e 127 o volume máximo. Siga esses passos para todos os instrumentos. Grave essas partes, enquanto elas se são reproduzidas. Toque uma parte instrumental simultaneamente com outras partes e grava a trilha nesse ponto. Carregue e solte o acompanhamento durante performances ou sessões de prática.

Dicas & Advertências

  • Considere tirar o metrônomo no começo ou quase no final da faixa. Tocar o final sem o metrônomo pode adicionar energia à performance.
  • O metrônomo é só um modelo e não cria o acompanhamento sozinho.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível