Como trocar as cordas de um charango

Escrito por athena murphy | Traduzido por marla maisonnett
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como trocar as cordas de um charango
Diz a lenda que o tatu tem que ir estudar em um conservatório por cinco anos para se tornar um charango (Tom Brakefield/Stockbyte/Getty Images)

O charango é um alaúde com a forma de tigela originário do Peru. A história desse instrumento causa muita polêmica entre historiadores, acadêmicos e músicos da Bolívia e do Peru. Há pouca documentação confiável sobre ele. Grande parte dessa tradição existe na história oral carregada com brincadeiras, mitos e fábulas criadas por músicos andinos através dos séculos. Até mesmo os charangos de tamanho menor feitos com formato de tigela, ou os de madeira ou com a carapaça das costas de um tatu, são um prato cheio para piadas politicamente carregadas na história Peruana.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Cordas de charango
  • Bobinador de cordas
  • Afinador

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Coloque as cordas sobre a superfície de trabalho, indo da esquerda para a direito na seguinte ordem: G/G, C/C, e/E, A/A, E/E.

  2. 2

    Determine a direção para enrolar e desenrolar de cada uma das dez tarrachas. Coloque o bobinador na tarracha mais baixa do lado esquerdo da cabeça. Desenrole a tensão da corda. Remova-a da tarracha e do cavalete. Faça isso com as outras nove.

  3. 3

    Coloque a ponta da corda G no buraco mais a esquerda do cavalete. Estire-a até a cabeça. Coloque a ponta da corda pelo buraco da menor tarracha do lado esquerdo. Repita isso com as outras cordas e tarrachas no sentido horário ao redor da cabeça, na seguinte ordem: G, C/C, e/E, A/A, E/E.

    Como trocar as cordas de um charango
    Trabalhe no sentido horário ao redor da cabeça para manter seu trabalho organizado e simples (Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images)
  4. 4

    Puxe as cordas firmemente pela tarracha. Dê três voltas e verifique se a corda mantêm a tensão pela tarracha.

  5. 5

    Utilize o afinador para afinar corretamente todas as cordas.

Dicas & Advertências

  • Se o seu charango tiver pinos no cavalete, utilize cordas com bolinhas nas pontas durante o processo. Se não houver pinos, aprenda a dar um nó corretamente e segure as cordas antes de começar o processo.
  • As cordas irão se esticar, relaxar, deslizar e desafinar frequentemente logo após o processo. Dê uns dias para seu charango e suas cordas deslizarem e se reajustarem sozinhas. Isso não significa que há algo errado com as cordas. É a natureza das cordas novas se esticarem e desafinarem.
  • Verifique se ocorrem zumbidos, batidas ou se alguma corda está em contato com a cabeça ou os trastos depois de ter feito a troca. Se isso acontecer é necessário ajustar a cabeça.
  • Não deixe as cordas muito tensionadas pois elas podem romper. Esteja preparado para afinar frequentemente depois de ter feito a troca de cordas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível