Como saber se uma berinjela estragou

Stockbyte/Stockbyte/Getty Images

Existem diferentes tipos de berinjelas disponíveis em uma variedade de cores. É possível encontrá-las nas cores verde, roxa, amarela e laranja e de vários tamanhos. Elas fornecem nutrientes e adicionam mais sabor às receitas em todo o mundo. Infelizmente, elas tendem a estragar rapidamente, o que compromete o seu sabor e valor nutricional. Compreender a diferença entre uma berinjela fresca e uma estragada é muito importante para uma refeição. Há algumas observações simples que são relevantes para determinar a sua condição.

Step 1

Observe a cor da pele da berinjela. Ela deve ser clara e brilhosa. Uma cor murcha e desbotada pode indicar que o vegetal estragou.

Step 2

Verifique se a berinjela tem uma haste e uma tampa de cor clara. Se elas não tiverem um cor verde brilhante e saudável, a berinjela pode não estar fresca.

Step 3

Verifique a firmeza da pele da berinjela. Pressione-a levemente e procure por rachaduras. Se ela estiver rachada, é provável que esteja estragada.

Step 4

Procure por hematomas, manchas suaves ou sinais de apodrecimento na pele e na haste da berinjela. Se essas marcas estiverem presentes, o vegetal não está mais fresco e não deve ser consumido.

Step 5

Pegue a berinjela e verifique se ela é densa para o seu tamanho. Quando estão frescas, elas têm algum peso, enquanto as estragadas são mais leves.

Step 6

Abra a berinjela e procure por sementes sadias e uma carne esponjosa. Se o seu interior estiver descolorido, sem consistência, mofado ou tem um forte odor azedo, então ela está estragada e deve ser descartada.

×