Como fazer carvão com cascas de coco

••• shell image by Ogis from Fotolia.com

Em países em desenvolvimento com acesso limitado a combustíveis fósseis, como petróleo e gás, as pessoas assam madeira e outros materiais fibrosos, como cascas de coco, para reduzi-los a carvão. O processo de assar esses materiais remove os componentes que retardam a combustão, como água e alcatrão, e queima os gases hidrogênio e metano, altamente combustíveis. O resultado é um carvão com alto teor de carbono que queima de maneira uniforme e produz uma quantidade de calor maior que a matéria-prima original. O processo de converter cascas de coco para carvão usa um forno ou tambor especial para remover toda a umidade das cascas, sem transformá-las completamente em cinzas.

Passo 1

Limpe as cascas de coco e remova quaisquer fibras da parte externa. As fibras externas da casca de coco são altamente inflamáveis, e pegarão fogo ao invés de cozinhar.

Passo 2

Deixe as cascas de coco curarem por seis meses. Guarde-as em um local quente e seco. Isso eliminará a maior parte da umidade das cascas, permitindo que carbonizem ao invés de queimar no forno.

Passo 3

Coloque as cascas de coco em um tambor ou forno para fazer carvão, especialmente desenvolvido para a produção de carvão. Esses fornos evitam que as cascas de coco tenham contato direto com as chamas e permitem o controle do fluxo de ar. O calor dentro do forno cria um ambiente para secagem.

Passo 4

Reduza ou aumente a entrada de ar no forno para manter uma temperatura de 260 a 482 °C. As cascas produzirão pequenas chamas. Entretanto, desde que a temperatura média do forno permaneça abaixo dos 482 °C, o processo criará mais carvão do que cinzas.

Passo 5

Cozinhe as cascas por entre três a cinco horas, até que você possa perfurá-las sem que se estilhacem.

Passo 6

Retire os carvões de coco do forno e deixe-os esfriar.

Passo 7

Quebre as cascas de coco carbonizadas em pedaços menores, se preferir.

Mais recentes

×