O que acontece com as taxas de respiração durante polichinelos?

Escrito por bryant harland | Traduzido por mariana silva gray
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que acontece com as taxas de respiração durante polichinelos?
Polichinelos treinam seu coração a usar a energia mais eficientemente (Justin Sullivan/Getty Images News/Getty Images)

Existem quatro tipos principais de atividades físicas: aeróbico, fortalecimento muscular, fortalecimento ósseo e alongamento. Embora exercícios aeróbicos, como a corrida ou polichinelos, podem também fortalecer seus músculos e ossos, o foco principal de uma atividade aeróbica é treinar seu coração a usar a energia mais eficientemente. O efeito que a atividade aeróbico possui em sua taxa de respiração e seu corpo em geral depende principalmente na intensidade e duração do exercício.

Outras pessoas estão lendo

Exercício aeróbico

Natação, corrida e polichinelos são todos exemplos de exercícios aeróbicos. Quando você realiza esse tipo de atividade, seus músculos usam oxigênio para completar a tarefa a ser realizada. A maior necessidade de seu corpo por oxigênio faz com que sua taxa de respiração aumente para que mais oxigênio seja levado ao corpo. Sua taxa cardíaca também aumenta, fazendo com que seu coração bombeie mais sangue pelo corpo; o sangue é responsável pela entrega de oxigênios aos músculos.

Intensidade

A intensidade de um exercício é o quanto seus músculos trabalham. Aumentos graduais na intensidade de uma atividade podem treinar seu corpo a confortavelmente aguentar exercícios mais intensos com o tempo. Por exemplo, se você começa fazendo 40 polichinelos por minuto mas as repetições se tornam fáceis, você pode tentar fazer 50 por minuto para tornar o exercício mais intenso. Com o tempo, seu corpo se ajustará e você poderá fazer 50 polichinelos por minuto facilmente. Quanto mais intensidade for adicionada ao exercício aeróbico, mais suas taxas de respiração e cardíaca aumentarão.

Duração

A duração é a quantidade de tempo que um exercício é realizado sem parar. Ela tem um relacionamento inverso com a intensidade; quanto mais forte você se exercita, menos tempo a atividade é executada. Da mesma forma que a intensidade, você pode treinar seu corpo para conseguir realizar um exercício por mais tempo ao fazer aumentos graduais na duração dele. De acordo com a Pennsylvania State University Strength and Fitness, exercícios aeróbicos devem durar pelo menos 12 minutos, sem contar o tempo de aquecimento e esfriamento; no entanto, quanto mais tempo for possível manter um exercício, melhor.

Polichinelos e taxas de respiração

Exercícios aeróbicos regulares treinam seu corpo para ser capaz de tolerar exercícios mais intensos, por longos períodos de tempo; conforme seu corpo se ajusta a fazer um certo número de polichinelos em um determinado período, seu taxa de respiração não aumentará tanto e você não verá os mesmo benefícios que via antes ao realizar os polichinelos. Dessa forma, você precisará aumentar a intensidade do exercício. No caso dos polichinelos, você pode tentar aumentar a quantidade sem aumentar a duração do exercício para manter os benefícios de executá-los.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível