×
Loading ...

Diferenças entre economia e outras ciências sociais

O termo "ciências sociais" se refere a um ou mais ramos de estudo da atividade humana. Os ramos das ciências sociais incluem antropologia, história, ciência política, sociologia e economia. Todas as ciências sociais buscam entender e estabelecer relações casuais entre ações, comportamentos e eventos na existência humana. Ciência política, sociologia, psicologia e economia são ramos que procuram antecipar, entender e explicar a atividade humana atual ao invés da atividade passada.

A economia examina o comportamento financeiro dos seres humanos (cheeses market image by AGITA LEIMANE from Fotolia.com)

Escassez de recursos

O estudo da economia é baseado na premissa de que todos os recursos são limitados não apenas em quantidade disponível, mas também em utilidade prática. Os recursos incluem solos inférteis, água, colheitas, combustíveis fósseis e rochas. A atividade econômica revela a adaptação humana às limitações reais e percebidas aos recursos disponíveis. Os humanos podem colocar um preço alto em um recurso por ele ser dado como raro ou de grande valor. A escassez de recursos terá um impacto nas comunidades e na sua demografia. Outras ciências sociais estudam os impactos sociais, políticos e psicológicos da escassez; como o aumento de taxas de divórcio ou crime devido ao desemprego em uma área, mas não focam o estudo nas razões econômicas do impacto.

Loading...

Escolha racional

As ciências econômicas e políticas incluem o estudo de escolhas racionais no comportamento humano. Enquanto a escolha racional presume que todos os atores têm informações completas quando fazem uma decisão, a realidade é que a informação completa só está disponível em circunstâncias especiais. Na política, a manipulação de informação e conhecimento contribui a influência política. A teoria econômica presume que os indivíduos pensam e se comportam racionalmente quando fazem decisões econômicas. Apesar do comportamento humano não ser tão simples, a teoria econômica usa essa simplicidade para estabelecer as leis e princípios que geralmente explicam as mudanças em eventos econômicos. Por exemplo, a lei da oferta e procura dita que quando a oferta aumenta, o preço abaixo. Quando o preço abaixa, a demanda aumenta; mas apenas até um ponto.

Instituições

As instituições estudadas pela economia são diferentes das outras ciências sociais, apesar de haver uma grande sobreposição com o governo. A economia estuda o impacto de negócios, legislações e tesouros públicos, bancos e da bolsa de valores. Essas instituições influenciam a habilidade ou boa vontade humana de conduzir negócios com o objetivo que obter riquezas. As legislações do governo trabalham para proteger o consumidor dos produtores, para melhor ou pior. Em alguns países, a legislação restringe severamente a entrada de novos negócios no mercado.

Semelhança com a ciência natural

A economia lembra a ciência natural mais que qualquer outra disciplina de ciências sociais. O "entendimento" das forças e eventos econômicos fornecido pelo estudo da economia é baseado em teoremas e princípios, muitos dos quais se provaram sustentáveis até mesmo com economistas tendo sido forçados a desenvolver novos entendimentos de eventos econômicos. Um Prêmio Nobel também é oferecido na economia por avanços em pesquisas. Nenhuma outra ciência social tem seu próprio Prêmio Nobel.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...