Mais
×

Dor lombar após jogar futebol

Atualizado em 17 abril, 2017

A parte inferior das costas em geral não é um grande ponto de problemas para jogadores de futebol. Relatórios extensos sobre lesões pela American Academy of Pediatrics e outros afirmam uma grande preponderância de lesões nas pernas e contusões entre aqueles que praticam o esporte. Jogar futebol, na verdade, tende a fortalecer os músculos, de acordo com um estudo de 2009, feito por pesquisadores dinamarqueses que publicaram no The Journal of Strength and Conditioning Research. Ainda assim, jogadores de alto perfil, como John Terry de Chelsea, que sofreu uma hérnia de disco, já tiveram que se recuperar de lesões nas costas. Se você tiver o azar de ter dores nas costas depois de jogar futebol, um profissional de saúde pode ajudá-lo a determinar a causa precisa e desenvolver um plano de recuperação.

Jogador de futebol correndo com bola (Jordi Lopez dot/Hemera/Getty Images)

Hérnia de disco

A dor na região lombar pode ser o resultado de uma hérnia de disco pressionando o nervo ciático, o que também pode causar fraqueza nas costas e na panturrilha. Problemas de disco, incluindo hérnias, podem ser responsáveis por mais de 25% de lesões dorsais inferiores em atletas, escreve Walter R. Frontera, reitor de medicina física e reabilitação da University of Puerto Rico School of Medicine, no texto "Clinical Sports Medicine". As opções de tratamento incluem fisioterapia e cirurgia. No caso de Terry, ele passou por uma cirurgia artroscópica e estava correndo sob a supervisão de seu médico no dia após a cirurgia. Ele voltou à ação na liga após oito semanas.

Espondilólise ou espondilolistese

A espondilólise se relaciona com uma fratura dos pares interarticulares, uma projeção óssea encontrada na parte de trás de uma vértebra da coluna vertebral. Uma causa relacionada à dor lombar, a espondilolistese, ou deslizamento de um disco, geralmente afeta ginastas, patinadores e mergulhadores. Os jogadores de futebol também, muitas vezes, realizam movimentos de flexão e arqueamento que levam à espondilolistese. Flexão e arqueamento repetitivos podem criar uma sensação de entorpecimento ou dor na parte inferior das costas, com ou sem dor nas nádegas, o que indica um desses distúrbios vertebrais.

Problemas estruturais

Quando a origem da dor é vaga em atletas de futebol, a raiz pode ser a discrepância do comprimento das pernas; rotação da articulação sacroilíaca, que se encontra na pelve; ou assimetria da pelve. De acordo com o médico Melvin R. Manning, do Texas Sports Medicine, em uma extensa revisão das lesões de futebol, publicada em 2006 no jornal “Physical Medicine and Rehabilitation Clinics of North America”, elevar o calcanhar pode resolver a discrepância da perna. Ajustes de treinamento podem ajudar as atletas de futebol feminino, em particular, que sofrem com dores nas costas devido a um desequilíbrio muscular ou fraqueza geral nos extensores de quadril.

Tratamento

Você pode descansar, tomar anti-inflamatórios e aplicar compressas de água morna em casos leves de dor lombar após o futebol. A dor relacionada a problemas estruturais pode determinar que se faça visitas a um fisioterapeuta ou treinador para se equilibrar os músculos adequadamente de cada lado do corpo, bem como reforçar e alongar os das costas, aponta Frontera.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article