Os efeitos de diferentes estilos parentais no desenvolvimento da criança

Escrito por tess reynolds | Traduzido por samuel silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Os efeitos de diferentes estilos parentais no desenvolvimento da criança
A autoridade paternal promove o trabalho em equipe, a responsabilidade e autoconfiança (Jupiterimages/BananaStock/Getty Images)

A forma como os pais se relacionam com seus filhos tem um forte impacto no seu desenvolvimento emocional e social. Apesar do afeto e da bondade serem vitais para a criação de uma criança feliz, ela também deve ter limites e disciplina para se tornar um adulto independente e bem-ajustado. Todas as crianças são diferentes e podem exigir diferentes métodos de disciplina e amor. Cultive a independência e a autoestima do seu filho para criar uma criança carinhosa, feliz e confiante.

Outras pessoas estão lendo

Autoritário

Os pais autoritários estabelecem limites rígidos para seus filhos. Eles não permitem que as regras e as ordens sejam questionadas e mantêm um controlo rigoroso sobre os seus filhos. Essas crianças muitas vezes se tornam introvertidas e desenvolvem ansiedade. Embora possam ter um bom desempenho na escola, tirar notas perfeitas, evitar o álcool e o abuso de drogas e ficar fora de problemas, essa reação é muitas vezes baseada no medo da rejeição, da punição e de decepcionar seus pais. Essas crianças são motivadas por eles e não aprendem a se automotivar. O rigoroso controle pode levá-las a se rebelar ou desistir do que provoca raiva em seus pais.

Permissivo

Os pais permissivos são afetuosos, receptivos e gentis, mas também excessivamente indulgentes e evitam disciplinar e controlar seus filhos. Essas crianças muitas vezes têm alta autoestima, mas experimentam dificuldades para controlar suas emoções e impulsos, porque muitas vezes obtêm o que querem. A educação permissiva pode resultar em imaturidade em crianças e recusa em aceitar as consequências de suas ações. Elas podem desenvolver comportamentos mandões, desafiadores e rebeldes quando seus desejos não são atendidos.

Rigoroso

Os pais rigorosos são afetuosos, amáveis, engajados e firmes com seus filhos. Eles estabelecem regras e limites, mas explicam para seus filhos por que essas regras são importantes. Eles ouvem as perguntas e argumentam com seus filhos. Os pais rigorosos, muitas vezes, criam crianças felizes e bem-ajustadas. Essas crianças são autoconfiantes, desenvolvem habilidades sociais adequadas e podem regular suas emoções. Elas são capazes de comunicar seus sentimentos e tornam-se adultos responsáveis​​ e independentes.

Não envolvido

Os pais não envolvidos são insensíveis e indisponíveis para os seus filhos. Eles fornecem suprimentos físicos e materiais, mas não se envolvem emocional e socialmente. Algumas crianças com pais não envolvidos experimentam o abuso verbal, físico e emocional. Essas crianças desenvolvem uma baixa autoestima, têm pouco ou nenhum autocontrole e têm aumentado risco de alcoolismo ou toxicodependência. Elas se tornam emocional e socialmente retraídas, temem depender de outros e sentem medo, estresse e ansiedade por falta de amor e apoio de seus pais.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível