Mais
×

As frutas certas para cada mês do ano

Uma boa dieta alimentar inclui proteínas, carboidratos e açúcares naturais provenientes das frutas
Getty Images

Introdução

O hábito de comer alimentos saudáveis como frutas ajuda a prevenir e combater problemas de saúde como hipertensão, diabetes e outros. Elas também são ricas em nutrientes e possuem extrema importância para o bom funcionamento do organismo, porém algumas são difíceis de se achar dependendo da época do ano. Além disso, devido às temporadas de safra, algumas frutas ficam mais baratas em determinados meses. O ideal é consumir o fruto que cresce e amadurece em seu próprio tempo, sem o auxílio da aplicação de hormônios, pois dessa maneira atinge naturalmente a concentração normal de vitaminas e nutrientes.

Dentre outros benefícios, o morango auxilia no processo de cicatrização de ferimentos
Getty Images

Morango

O morango tem sua origem na Europa e é rico em vitaminas C e B5, fibras, ferro, cálcio e flavonoides, nutrientes importantes principalmente para o combate da anemia, além de ajudar a diminuir o colesterol e prevenir o câncer. A safra da fruta começa em junho e vai terminar apenas entre setembro e outubro. Devido a isso, os meses de julho e agosto têm maior disponibilidade da fruta a um preço menor para o consumidor. Por isso, aproveite esses meses para desfrutar do morango.

O nome maracujá vem da língua tupi e quer dizer alimento em forma de cuia
Getty Images

Maracujá

O maracujá é uma fruta tropical, com melhor adaptação a regiões com temperaturas elevadas. O fruto e as folhas do maracujazeiro possuem propriedades calmantes. Mais presente no dia a dia do brasileiro durante o verão, o maracujá tem seu pico de safra em novembro, dezembro e janeiro. A fruta, que é normalmente usada em sucos e doces, é rica em vitaminas C e B12, além de ferro, cálcio e fósforo. Por isso, é ótima para aliviar inflamações, inchaços e queimaduras.

A melancia é composta por cerca de 92% de água
Getty Images

Melancia

Assim como o maracujá, a melancia também é mais facilmente encontrada nos meses de novembro, dezembro e janeiro, o que faz com que ela apresente um valor de venda inferior nesse período do ano. Normalmente ingerida in natura ou também em sucos, a fruta possui grande quantidade de água, por isso colabora para a hidratação do organismo. Além disso, é rica em licopeno, que auxilia na prevenção do câncer de próstata. Ela também é uma boa ferramenta para o combate à gripe, pois é fonte de vitaminas A, B1, B2, B3 e C, tendo ainda proteínas, gorduras e fósforo.

A casca da jabuticaba não é normalmente ingerida, mas é possível fazer chás e doces a partir dela
Getty Images

Jabuticaba

Fruta 100% brasileira, a jabuticaba é encontrada no mercado apenas em setembro e outubro. Nos demais meses é praticamente impossível comprá-la nas feiras e supermercados. Para desfrutar da fruta nos meses próximos a setembro e outubro, você precisará ter uma jabuticabeira em casa. A fruta é fonte de vitamina B3 e C, além de ferro e fósforo, nutrientes que beneficiam os ossos, previnem a gripe e facilitam a digestão. Mas é melhor não exagerar no consumo da jabuticaba, pois em excesso ela pode causar prisão de ventre.

A manga é uma das frutas facilmente encontradas nas feiras e mercados
Getty Images

Manga

A manga tem seu pico de safra nos meses de janeiro e fevereiro, e também entre julho e outubro, por isso é facilmente encontrada pelo consumidor durante praticamente todo o ano. Gestantes devem consumir a fruta ocasionalmente devido a sua alta concentração de ferro e cálcio, nutrientes necessários durante a gestação, porém cuidado com os excessos. Além disso, ela ajuda a combater anemia e câimbra, sendo também útil para previnir o estresse, problemas cardíacos e intestinais. Originária do sul e sudeste asiático, a fruta é fonte das vitaminas A, B e C. Assim como a melancia, ela é normalmente consumida in natura ou também em sucos.

Assim como a manga, a nectarina também previne a constipação
Getty Images

Nectarina

Por ter seu pico de safra nos meses de dezembro e janeiro, para muitos brasileiros, a nectarina é associada ao Natal. Por isso ela é normalmente usada em decorações de mesa das festas de fim de ano. A fruta é originária da China e contém vitaminas A, B3 e C, além de potássio. Ela promove a saúde da visão e da pele, ambos proporcionados pela vitamina A. O fruto, que é na verdade uma variedade do pêssego, também estimula o apetite e age contra infecções.

A grande quantidade de vitamina C presente na goiaba aprimora o funcionamento do sistema imunológico
Getty Images

Goiaba

A goiaba, tanto a branca quanto a vermelha, é mais facilmente encontrada nos meses de fevereiro e março. A fruta originária do continente americano é boa para os ossos por ser rica em cálcio. Ela também faz bem para a visão, além de ajudar na prevenção da gripe e da anemia devido a seus nutrientes: vitamina A, C, ferro, fósforo, além de cálcio. A goiaba é normalmente consumida in natura, em forma de suco ou doce, a popular goiabada.

Atletas devem comer uma boa quantidade de banana para evitar câimbras
Getty Images

Banana

A banana é comercializada durante todo o ano, porém suas diversas variedades têm meses específicos de colheita, como é o caso na banana-prata, que tem seu período de pico de safra entre outubro e dezembro. Já a banana-nanica pode ser encontrada em março e nos meses entre agosto e novembro, enquanto a banana-maçã tem seu pico de colheita em março, abril e maio. A fruta, não importa o tipo, é fonte de potássio e vitamina B6, sendo boa para ossos, pele e sistema nervoso.

Diferente de outras frutas, a casca do kiwi possui pequenos "pelos"
Getty Images

Kiwi

Oriundo da China, o kiwi contém vitamina C, fibra, ferro, magnésio e potássio. Ele é bom para gestantes e hipertensos, pois ajuda a reduzir a pressão arterial. Seu pico de safra ocorre entre abril e agosto, sendo dificilmente encontrado nos demais meses do ano. Ele também ajuda a diminuir o risco de desenolver câncer e doenças circulatórias, além de prevenir gripes e resfriados devido à vitamina C. O kiwi é considerado o fruto comercial com maior proporção de vitamina C, perdendo apenas para a acerola. Ele é normalmente consumido in natura e também em sucos naturais.

A grande quantidade de vitamina C da tangerina a torna aliada no combate a gripes e resfriados
Getty Images

Tangerina

Outra fonte de vitamina C é a tangerina, que também possui vitamina A, B1, B2, potássio, cálcio e fósforo. Vinda da Ásia, ela é colhida principalmente entre março e abril. Conhecida também como mexerica, a fruta é boa para o intestino e para o coração, pois combate a hipertensão arterial. Ela é indispensável para a saúde dos olhos e da pele, aumentando também a resistência a infecções. Além de ser consumida in natura, a tangerina pode se transformar em sucos, doces caseiros e geleias.