Gelo vs calor no tratamento de tendinite no tendão de Aquiles

Escrito por sandra koehler | Traduzido por valeria jardim
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Gelo vs calor no tratamento de tendinite no tendão de Aquiles
A tendinite do tendão de Aquiles é um problema bastante comum (Spike Mafford/Photodisc/Getty Images)

A tendinite no tendão de Aquiles é uma condição que causa dor, rigidez e inchaço com o andar ou movimento do pé. Se tratada rápida e adequadamente, esta irritação normalmente é passageira. No entanto, se não tratada, a tendinite do tendão de Aquiles pode se transformar em uma condição crônica e até mesmo resultar no rompimento do tendão.

Outras pessoas estão lendo

Identificação

A tendinite é a irritação ou inflamação do tendão de Aquiles. Um tendão é uma faixa de tecido conjuntivo que liga os músculos aos ossos. O tendão de Aquiles, também conhecido como o tendão calcâneo, está localizado na parte de trás da perna, no tornozelo. Ele conecta os músculos da panturrilha ao calcâneo, ou osso do calcanhar. A tendinite do tendão de Aquiles é uma resposta protetora a uma lesão na qual muito estresse é colocado na área do tornozelo / pé. Esta forma de inflamação também pode ser causada pelo desgaste proveniente do uso excessivo.

Gelo vs. calor no tratamento da lesão

Uma lesão aguda é um problema com uma instalação súbita, geralmente como resultado de algum tipo de lesão, a qual pode durar vários dias. Os sintomas incluem inchaço, vermelhidão e ardor na área. Durante a fase aguda de uma lesão, é recomendada a utilização de gelo para a constrição dos vasos sanguíneos, reduzindo assim a quantidade de dor e inchaço da área.

Uma lesão crônica é um estado em desenvolvimento, um lento problema de longa duração. Durante esta fase, a aplicação de calor pode ajudar a aliviar a dor. No entanto, se a inflamação ou inchaço estiver presente, utilizar o calor vai apenas agravar os sintomas. O calor dilata os vasos sanguíneos e provoca um aumento no fluxo sanguíneo à área, aumentando assim os problemas do inchaço.

Como tratar a tendinite aguda do tendão de Aquiles

Durante a fase aguda da tendinite de Aquiles, o tratamento de escolha inclui repouso, aplicação de gelo, compressão e elevação. A aplicação de gelo na área em intervalos de 15 minutos pode diminuir o inchaço e a dor. Também é recomendável a consulta a um médico para descartar outras causas ou complicações.

Como tratar a tendinite crônica do tendão de Aquiles

A tendinite crônica do tendão de Aquiles é uma recorrência da dor e da rigidez na área do tendão, o que pode ocorrer com ou sem inflamação. Quando essa irritação se torna crônica, normalmente é devido a problemas de uso excessivo ou à biomecânica geral do pé e tornozelo. Problemas crônicos no tendão de Aquiles podem ser geridos através da aplicação de calor ou gelo.

O calor pode ser usado para reduzir os sintomas da dor e para aquecer antes de atividades físicas. No entanto, o calor deve ser evitado se houver sinais de inflamação ou inchaço, e depois das atividades físicas. Se a inflamação estiver presente, o gelo deve ser aplicado. Ele também deve ser usado se os sintomas são intensificados pelo calor.

Como lidar com a tendinite do tendão de Aquiles

A tendinite do tendão de Aquiles pode demorar de vários dias a várias semanas para cicatrizar. Além da aplicação de gelo a uma lesão, a compressão e elevação também ajudam a minimizar os problemas de dor e inchaço. Uma vez que retome às suas atividades normais, não force muito a área e comece devagar para evitar complicações ao tendão, tais como mialgia, o que pode levar a um problema crônico.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível