Sugestão de petiscos para diabéticos

Escrito por hannah wickford Google | Traduzido por joão melo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sugestão de petiscos para diabéticos
Sugestão de petiscos para a diabetes

Segundo a American Diabetes Association (Associação Americana de Diabetes), mais de 23 milhões de pessoas nos Estados Unidos sofrem com algum tipo de diabetes. A diabetes é uma condição médica na qual o pâncreas não produz insulina, ou não o suficiente, para transformar efetivamente a glicose do seu corpo em energia. Medicação, um regime de exercícios consistentes e uma dieta saudável são fundamentais para a boa gestão da diabetes.

Outras pessoas estão lendo

Índice glicêmico

Os carboidratos fornecem glicose ao corpo, mas nem todos são iguais. A quantidade de glicose que os carboidratos fornecem depende da quantidade ingerida, do tipo e de como ou se está cozido.

Em 1981, nutricionistas da University of Toronto (Universidade de Toronto) desenvolveram o índice glicêmico (IG ). O IG classifica os alimentos em uma escala de 1 a 100, dependendo de quão benéfica a comida é e quão rapidamente ela aumenta o açúcar no sangue. A glicose pura é classificada como 100.

Usando o pão como um exemplo, pão 100% de trigo integral (moído com rochas) ou de centeio integral tem um valor IG baixo de menos de 55. O pão integral, de centeio e pita têm um valor IG médio entre 56 e 69. O pão branco tem um alto valor IG de 70 ou superior. Neste caso, quanto maior o teor de fibras, menor o valor IG . As gorduras funcionam de forma semelhante - quanto maior o teor, mais baixo o valor de IG .

Enquanto o valor de IG de um alimento lhe dá uma aproximação de quão benéfico ele é, ele não leva em consideração o tamanho da dose. As porções precisam ser gerenciadas por refeição.

Alguns petiscos que têm um valor de IG baixo são, na maioria, frutas e legumes sem amido, amendoim, pipoca ou muesli.

"Comidas liberadas"

Existem alguns alimentos que são considerados "livres" para os diabéticos. Um alimento livre é aquele que contém menos de 20 calorias e 5 gramas (ou menos) de carboidratos por porção. Eles podem ser consumidos com moderação, sem afetar significativamente os níveis de glicose no sangue.

Alguns lanches saudáveis, ​​a partir da lista de alimentos livres, são gelatina sem açúcar ou picles. Cenoura, aipo, couve-flor ou feijão verde podem ser banhados ou mergulhados em um molho para salada sem gordura.

Existem muitos condimentos que também são considerados alimentos livres. Você pode tomar um alimento de base com um valor de IG baixo e combiná-lo com um condimento a partir da lista de alimentos livres. Uma colher de sopa de creme de queijo sem gordura também ocupa um lugar nessa lista. Espalhe-o em pão 100% integral torrado para um lanche satisfatório.

Contagem de carboidratos

A contagem de carboidratos é outro método para ajudar a planejar as suas refeições e lanches. Os carboidratos aumentam o nível de glicose no sangue, por isso é importante manter uma dieta com pouca quantidade deles. A média de ingestão dos compostos por refeição é de cerca de 45 a 60 gramas, embora essa quantidade varie de acordo com um certo número de fatores.

Algumas comidas típicas que contêm carboidratos são pães, cereais, arroz, massas, biscoitos, iogurte, feijão, produtos de soja, batata, milho e qualquer alimento com açúcar processado. O rótulo nutricional dos alimentos embalados indicará o tamanho da porção e os gramas de carboidratos para aquela porção.

Se você quiser comer um lanche que contenha carboidratos, simplesmente deduza os gramas dos carboidratos que você comer na sua refeição seguinte, ou trabalhe com um nutricionista para descobrir formas de incorporar lanches dentro do seu plano de refeição diário.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível