Tratamentos anti-limo em lagoas

Escrito por cullend | Traduzido por luigi bahia
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tratamentos anti-limo em lagoas
A escuma pode rapidamente tomar conta de toda uma lagoa (grenouille verte 03 image by Luc PATUREAU from Fotolia.com)

À medida que os meses de verão se aproximam e os termômetros começam a medir temperaturas mais altas, lagos e lagoas ganham vida. Os processos biológicos se aceleram, permitindo a uma miríade de plantas e formas de vida aquática prosperar vigorosamente, às vezes em detrimento do proprietário da lagoa. A escuma, mais comumente conhecida como algas de lagoa, pode facilmente sair do controle e cobrir um espelho d'água por completo, a menos que planos de prevenção e tratamento estejam sendo executados no lugar.

Outras pessoas estão lendo

Remoção física

A maneira mais eficaz de tratar e eliminar a escuma é removendo-a mecanicamente da lagoa com uma rede ou ancinho d'água. Ao remover os pedaços de algas da água, em vez de matá-las e deixá-las decompor-se na lagoa, você impede qualquer re-liberação de nutrientes que poderiam alimentar uma futura proliferação de algas. Redes e ancinhos duráveis ​​com dentes de 7 a 15 cm funcionam bem para retirar as algas. Também é fundamental descartar os detritos longe da lagoa. Se deixadas na beirada, as algas vão se decompor e chuva levará os nutrientes de volta para o lago.

Algicidas à base de cobre

Quelato de cobre é o ingrediente ativo mais comum em algicidas caseiros e profissionais por causa de sua eficácia na eliminação de todas as variedades de escuma, sendo comumente encontrado na forma líquida. Uma mistura diluída é aplicada na superfície da água através de um pulverizador ou frasco borrifador. Produtos químicos à base de cobre nunca devem ser usados quando houver peixes na lagoa, principalmente carpas e trutas.

Algicidas não-cúpricos

Para os lagos que abrigam os peixes citados acima, existem substâncias alternativas que utilizam um ingrediente ativo de peroxidrato de carbonato de sódio, atóxico para qualquer forma de vida aquática animal. Ele é encontrado mais facilmente em forma granular, e luvas e uma caixa de dispersão são usados ​​para distribuir uniformemente o granulado por cima da área eutrofizada. Semelhante à ação do bicarbonato de sódio quando entra em contato com a água, esses algicidas borbulharão por cerca de 60 segundos em contato com a escuma.

Sequestro de fósforo

O fósforo é o nutriente principal para a sobrevivência das algas de lagoa, e caso ele não esteja disponível, elas não terão nem chance de se formar. Produtos de sequestro de fósforo são usados ​​como preventivos para prender e tornar indisponíveis as moléculas dessa substância. O sulfato de alumínio é o ligante mais comumente usado.

Tintura de lagoa

Corantes de lagoa são outro método preventivo que deve ser utilizado antes do surgimento das algas. Ao tingir a água de azul ou preto, menos luz solar penetra na coluna d'água, diminuindo assim a capacidade de realizar fotossíntese das algas, sendo esse o principal método pelo qual todas as plantas obtêm energia.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível